Cuzco sedia defesa do patrimônio da América Latina

O diretor-geral da Unesco, Koichiro Matsuura, e o ministro das Relações Exteriores do Peru, Oscar Maúrtua de Romaña, assinaram hoje o acordo que escolhe Cuzco como a sede do Centro Regional para a Salvaguarda do Patrimônio Imaterial da América Latina.O Centro Regional é a primeira entidade criada na regiãolatino-americana para a defesa do patrimônio imaterial ancestral,que compreende as praticas, técnicas e conhecimentos que dãoidentidade às comunidades.A eleição de Cuzco é também simbólica, porque se trata da antigacapital do Império dos Incas e acolhe um imenso patrimônio cultural.Após a assinatura, que ocorreu na sede central da Unesco em Paris,o chanceler Maúrtua de Romaña ressaltou que vários anos de trabalhopermitiram este acordo para a criação desse centro regional e fez umpedido aos países latino-americanos para que se incorporem a estanova entidade.O Estado peruano pagará todas as despesas de funcionamento doorganismo durante os primeiros cinco anos de funcionamento, segundoo ministro, que destacou que seu país dá prioridade aos temaspatrimoniais dentro da política cultural e tem uma "especialsensibilidade" por esses assuntos.

Agencia Estado,

22 de fevereiro de 2006 | 15h21

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.