Curta mostra uma noite nos bares da vida

Já premiado em dez festivais pelo País, o curta-metragem Áurea, de Zeca Buarque de Hollanda (sobrinho de Chico, filho de Cristina), acompanha a cantora numa noite de trabalho, no Centro Cultural Carioca, no centro do Rio. A ideia do diretor, que a conheceu por sua ligação familiar com a música popular, era justamente mostrar "a artista não como um ser iluminado, mas uma trabalhadora da noite, como todos ali no bar". "Áurea personifica isso", diz Zeca. No filme, dramatizado, ela se prepara para o show num espelhinho perto da cozinha, dada a ausência de um camarim. Glamour zero. Ao fim, pega a condução de volta a Campo Grande, anônima. Áurea estreou em 2009 no Curta Cinema, no Rio, e em agosto deverá ser exibido no Festival Internacional de Curtas de São Paulo. / R.P.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.