Cultura Artística abre série sobre música do século 20

Um concerto dedicado à produção latina para violão abre hoje no Cultura Artística Itaim, em São Paulo, uma nova série dedicada à investigação das muitas facetas da música do século 20. "A ideia que norteou a curadoria foi a realização de um breve caleidoscópio das diversas interfaces da música moderna. Quando se pensa em fazer algo deste gênero o mais comum é realizar um panorama de repertório, desde os primórdios do movimento até os dias atuais. No conceito de interfaces, o panorama é realizado por meio das diversas facetas, meios e inter-relações com as quais a música moderna se mostra ao público, sendo o repertório uma consequência disto", explica o curador Leonardo Martinelli.

AE, Agencia Estado

06 de outubro de 2009 | 09h35

A série faz parte da programação do Espaço Cultural CPFL, em Campinas, agora também apresentada em São Paulo. "Longe de ser um veículo de comunicação puro e abstrato, a música sempre travou através dos séculos um intenso diálogo com outras artes e suportes", diz Martinelli, professor e compositor - em tempo, no dia 17, a Orquestra Experimental de Repertório estreia sua nova obra, Floresta Fortificada.

No concerto de hoje, o violão é eleito "como elemento fundamental no processo de consolidação de uma identidade musical latino-americana", responsável pela intermediação "entre tradição popular regional e a música de concerto". No palco, o violonista Paulo Porto Alegre, a soprano Andrea Kaiser e o flautista Rogério Wolff, com obras de Leo Brouwer e Piazzolla, entre outros autores. Já na semana que vem, serão apresentados filmes inéditos de Beckett e Brecht, com música ao vivo interagindo com a projeção. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Música no Século 21. Teatro Cultura Artística Itaim (303 lug.). Av. Juscelino Kubitschek, 1.830. Tel. (011) 3258- 3344. Hoje, 20h30. Grátis.

Tudo o que sabemos sobre:
músicaCultura Artística

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.