Cuba assina acordo para recuperar Havana Velha

Um acordo assinado entre a agência espanhola Cooperação Internacional (AECI) e a Oficina de História de Havana vai promover uma restauração na região de Havana Velha. O projeto, elaborado pelo historiador Eusebio Leal e pelo embaixador da Espanha em Cuba, Eduardo Junco, prevê a aplicação de US$ 470 mil em um curso de dois anos na Oficina Jovellanos, na Espanha, para formar profissionais capacitados para o trabalho. Segundo Junco, o acordo é de suma importância para preservar a história comum. A região de Havana Velha foi declarada patrimônio cultural da Humanidade, em 1982, pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (Unesco).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.