Crianças e adultos escolhem a bicicleta como meio de transporte

Pedalar é divertido e ajuda o planeta a ser mais saudável

Natália Mazzoni - O Estado de S. Paulo,

07 de janeiro de 2012 | 11h42

De rodinhas, com cestinha na frente, colorida, prateada, não importa o jeito: bicicleta é muito legal! Mas você sabia que, no futuro, essa brincadeira pode ser o seu meio de transporte? Pois é, muito adulto já abriu mão de andar de carro para sair pedalando por aí. Por enquanto, isso para você é só uma brincadeira. Mas nada o impede de saber um pouquinho mais da história das magrelas e de suas vantagens. Afinal, o mundo precisa de mais pessoas que prefiram largar o ar-condicionado para sentir o vento no rosto. Você pode ser uma delas

História da bicicleta

Inventada pelo conde francês Mede de Sivrac, em 1791, a bicicleta foi o primeiro veículo para transporte individual. O modelo foi chamado de Celerífero e era de madeira. Como não tinha pedais, nem direção, o piloto dava impulso com os pés no chão.

Em 1818, o engenheiro alemão Carl Frederich Drais incorporou uma direção ao Celerífero e batizou sua invenção de Draisiana. Dois anos depois, surgiu o primeiro modelo infantil de bicicleta!

Os pedais chegaram em 1855 e foram acoplados à roda da frente. O projeto era do francês Pierre Michaux, que criou a primeira bicicleta de ferro e madeira, feita em uma fábrica. Ele acreditava que se aumentasse a roda dianteira e diminuísse a traseira, melhoraria o desempenho da magrela.

Por 30 anos, as bicicletas ficaram com a roda dianteira bem maior que a traseira. Só em 1885 elas voltaram a ter tamanhos iguais, projetadas por John Kemp Starley.

A invenção de novos materiais e sistemas, como o pneu de borracha, foi aperfeiçoando as bicicletas até esses veículos serem o que conhecemos hoje. Os modelos mais modernos são os de corrida. Feitas de alumínio ou titânio, essas “bikes potentes” podem correr até 100 quilômetros por hora.

A bicicleta no mundo:

Dinamarca

Em Copenhagen, na Dinamarca, 40% da população usa a bicicleta como principal meio de transporte. 'Quando a ciclovia cruza com a rua, a mãe ou o pai emparelha com a bicicleta da criança e a segura pela blusa. É muito comum ver isso', conta Natália Garcia, que pedalou por oito cidades do mundo.Em Copenhagen, as pessoas podem colocar as bikes dentro do

metrô, em um vagão exclusivo e adaptado com compartimentos para não ocupar o espaço de circulação das pessoas.

Holanda

Em Amsterdam, na Holanda, metade de todo o transporte é feito com bicicletas. É a cidade que mais usa bikes no mundo! Ela é bem preparada para isso: existe uma extensa malha de ciclovias e as pessoas podem alugar bicicletas por toda a cidade. Com seus pais, as crianças andam em compartimentos acoplados na frente do veículo, conta Natália Garcia, do projeto Cidade Para Pessoas. Para aprender, começam bem cedo, com 1 ano de idade, pilotando com os pés bicicletas sem pedais.

Alemanha

A cidade de Berlim, na Alemanha, é plana, o que facilita muito o uso das bicicletas como meio de transporte. Lá, o governo promove campanhas para incentivar a população a pedalar. Além de muitas ciclovias, há até farol específico para bikes.

Brasil

Aqui no Brasil, só a cidade de São Paulo tem cerca de 500 mil pessoas que andam diariamente de bicicleta. A maioria a usa como meio de transporte para ir ao trabalho.No ano que vem, a prefeitura pretende implantar um projeto que vai fornecer bicicletas para 4,6 mil alunos da rede pública irem para a escola. Essas bikes serão fabricadas com material reciclado (de objetos de plástico e garrafas pet). As crianças serão acompanhadas por monitores no trajeto e farão curso para aprender a guiar.

Por que andar de bike?

- Suas perninhas ficam mais fortes. O que o ajuda a jogar futebol ou brincar de pega-pega

- O vento faz seus cabelos balançarem e você se sente como se estivesse voando

- Pedalando você relaxa e esquece problemas como a lição de casa difícil e aquela briga que teve com seu irmão

- Não emite gás carbônico e colabora para a diminuição do aquecimento global

- Você nunca vai reclamar com os seus pais do trânsito que pegou

- Você faz exercício e fica em forma, mesmo repetindo a sobremesa no almoço

Dicas para um passeio tranquilo:

- Use sempre capacete. Joelheiras e cotoveleiras também podem o livrar de machucados

- Parques ficam cheios de ciclistas. Quando passear por um deles, observe o movimento enquanto pedala. Se decidir mudar de direção, sinalize com os braços para onde vai: isso evita trombadas

- Quando usar a ciclovia para andar de bicicleta com seus pais, fique sempre do lado da calçada

Fontes: Carlos Aranha, diretor de participação pública da ciclocidade, Daniel Guthi, assessor parlamentar da secretária de educação e Valter Bustos, coordenador do museu da bicicleta

Tudo o que sabemos sobre:
criançasdiversãobicicletaparque

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.