Criações líricas dos integrantes do CoBrA são expostas

O espaço do Museu de Arte Brasileira da Faap no Edifício Lutetia abre a mostra CoBrA e Cia., com 58 gravuras feitas pelos integrantes do grupo CoBrA (1948-1951). Nas obras, pertencentes ao Centre de la Gravure et de l´Image Imprimée da Bélgica, pode-se ver as características do grupo: "Nostalgia da infância, arte livre, espontânea, lírica e cromática", diz a curadora Catherine de Braekeleer. O CoBrA foi fundado por artistas de Copenhague, Bruxelas e Amsterdã (das iniciais das cidades vem o nome do grupo), entre eles Asger Jorn e Corneille. CoBrA e Cia. MAB - Centro. Praça do Patriarca, 78, Edifício Lutetia, 1.º e 2.º and. 2.ª a 6.ª, 10 h às 18 h. Até 20/1

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.