Imagem Cristina Padiglione
Colunista
Cristina Padiglione
Conteúdo Exclusivo para Assinante

Cota da Copa na Globo beira R$ 180 milhões cada

Primo de William Bonner, Hugo Bonemer estreia na Globo na próxima temporada de Malhação, que estreia em julho. Ele esteve em Preamar, série da HBO, no ano passado.

CRISTINA PADIGLIONE, O Estado de S.Paulo

18 de maio de 2013 | 02h12

Bonner 2. Na nova Malhação, o personagem de Hugo Bonemer será o queridinho das garotas - exceto pela ex-namorada, que o dispensa. E ele, claro, não se conforma, como convém a um enredo de novela.

CAT, a Central de Atendimento ao Telespectador, da Globo, listou as novelas e itens mais comentados pelo público em torno de seus figurinos, desde 2009, em levantamento ao qual a coluna teve acesso. Eis o que motivou a plateia nesse período:

Em Salve Jorge, o hit foi o sutiã adesivo preto, sem costas, usado por Nanda Costa, a Morena.

Em Avenida Brasil, Débora, personagem de Nathalia Dill, emplacou duas peças no gosto do público: um top preto e um vestido preto. Já Marcos Caruso, o saudoso Leleco, fez sucesso com seu avental de cozinha de homem musculoso.

Em Tititi, foi o vestido preto estampado com flores usado por Thaila Ayala que ganhou atenção.

De Fina Estampa, o público feminino quis a camisola branca de renda usada pela pérfida Tereza Cristina, de Christiane Torloni.

Série para o canal Sony realizada pela Mixer, Agora Sim vem sendo gravada com previsão de estreia para setembro.

Prêmio Nobel de Economia, Paul Krugman e o músico de jazz Joshua Redman estão no segundo episódio de Graduados, no ar hoje, às 18h30, na Cultura.

Graduados tem direção de Hélio Goldsztejn e Sônia Guimarães e enfoca a rotina de seis brasileiros que estudam nas instituições que lideram o ranking das melhores escolas superiores da América: Harvard, Princeton, Yale, Brown, MIT e Julliard School.

Convidados de honra do 18º Gala dos Globos de Ouros, prêmio que ocorre amanhã, em Portugal, Murilo Benício e Débora Falabella falaram à imprensa local sobre Avenida Brasil, novela que lhes rendeu casamento e hoje lidera a audiência pelo canal luso SIC.

Agências de publicidade e anunciantes já se movimentam na sede da Globo para negociar os pacotes comerciais do Futebol 2014 - que engloba Libertadores, Brasileirão e outros eventos - e da Copa do Mundo. Patrocinadores da Fifa têm prioridade na aquisição das cotas do mundial e poderão decidir sua compra até 5 de agosto. Oito vagas foram abertas ao custo de R$ 179,8 milhões cada, para 1.120 inserções da marca na tela do canal. Já o Futebol 2014 oferece 6 cotas a R$ 185,5 milhões cada, para 1.647 inserções. Os interessados no pacote do futebol deverão se manifestar até 29 de maio e terão prioridade na compra de eventuais sobras da Copa.

Tufão & Nina

Tudo o que sabemos sobre:
Cristina Padiglione

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.