Corrida às livrarias de NY e Washington

Na semana seguinte aos atentados terroristas nos Estados Unidos, os norte-americanos correram às livrarias para comprar livros sobre as profecias de Nostradamus, o Islam e o movimento Taleban no Afeganistão, conforme noticiou hoje o The New York Times.Na livraria Política e Prosa, em Washington, a seção sobre o Islam ficou vazia e os livros mais vendidos foram as biografias sobre profecias e trabalhos de escriores palestino-americanos como Edward Said.Em Nova York, a livraria Strand, que trabalha com livros de segunda mão, vendeu metade do estoque de 44 cópias do livro Divided we Stand: A Biography of New York City´s World Trade Center, de Eric Darton. Na livraria virtual Barnes and Noble os pedidos de várias procedências recaíram sobre as prefecias de Nostradamus. Na Amazon.com, além de livros sobre Nostradamus, foram recebidos muitos pedidos de livros sobre o movimento Taleban, que controla o Afeganistão e estaria protegendo o líder terrorista Osama bin Laden, que está sendo procurado "vivo ou morto", pelo governo norte-americano, como o provável responsável pelos atentados de terça-feira passada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.