CORREÇÃO

Chama-se Gregório Graziosi e não Grazioli o diretor do filme Obra, citado na matéria da capa do Caderno 2 de sexta-feira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.