Correção: Bob Dylan se apresenta hoje e amanhã em SP

A nota enviada anteriormente contém um erro no título. Segue o texto novamente:Ele fala pouco, e no entanto suas palavras são exaustivamente repetidas década após década. Algumas de suas canções, como Like a Rolling Stone, Knockin? on Heaven?s Door, Mr. Tambourine Man, I Want You e Just Like a Woman foram gravadas por artistas tão distintos quanto Sonic Youth, Bob Marley, U2, Billy Joel, Pearl Jam, Guns ?N Roses, Rolling Stones, Zé Ramalho, entre dezenas de outros. Bob Dylan, o ídolo calado, chegou a São Paulo ontem de madrugada. Toca hoje e amanhã para 5 mil felizardos no Via Funchal, em São Paulo. No sábado, Dylan toca no Rio de Janeiro, no Arena Rio.Na Cidade do México, último lugar onde Dylan tocou antes do Brasil, na noite de domingo, ele até que falou alguma coisa. Ou melhor: escreveu. ?Lindo país, lindo céu, lindas pessoas?, foi o que deixou rabiscado no livro de visitantes do Auditório Nacional, onde tocou. A frase já virou preciosidade para os seguidores mexicanos mais exaltados, e está guardada a sete chaves.A turnê atual, baseada principalmente em seu 44º disco e mais recente Modern Times (Sony-BMG), de 2006, e apropriadamente batizada de A Turnê Sem Fim, está sujeita às próprias mudanças de espírito de Dylan, que altera o repertório a seu bel prazer. Na Cidade do México, ele abriu a noite tocando a guitarra elétrica, instrumento com o qual escandalizou os puristas em 1966, e tocando na seqüência Rainy Day Woman, It Ain?t Me, Babe e Watching The River Flow.Outra música que ele tem incluído no seu set list é Maggie?s Farm (alusão ao clássico folk Penny?s Farm, ?sobre o homem comum que tenta simplesmente levar a vida enquanto o mundo amontoa pilhas de indignidades sobre ele?, diz Bill Flanagan. Talvez ele não toque All Along the Watchtower, mas se há um rock de Dylan que não deveria faltar em nenhum show é esse. Ele o fez após um acidente de moto, em 1966. Hendrix a gravou e a transformou num monumento do rock psicodélico. Dylan gostou tanto que, após a morte de Hendrix, passou a tocá-la ao estilo do guitarrista.E atenção quando ele tocar Things Have Changed (pela qual ele ganhou um Oscar em 2003, pela trilha do filme Garotos Incríveis). Por conta disso, ele dispõe sua estatueta do Oscar em cima de um amplificador durante o show. Ele termina o show com Summer Days e Like a Rolling Stone e uma versão impraticável para os Suplicy de Blowin? in the Wind, o hino dylanesco para todas as lutas pelos direitos civis. As informações são do jornal O Estado de S. PauloBob Dylan. Via Funchal (3.200 lug.). Rua Funchal, 65, Vila Olímpia, em São Paulo. Tel. (011) 3897-4456. Hoje e amanhã, 22 h. R$ 250 (esgotados) a R$ 900.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.