Corpo de Jorge Amado segue para o cemitério

O caixão com o corpo do escritor Jorge Amado deixa o Palácio da Aclamação no centro de Salvador no carro do corpo de bombeiros e segue para o Cemitério Jardim da Saudade, onde será cremado. A pedido do escritor, suas cinzas serão espalhadas sob a mangueira que ele plantou no jardim de sua casa no bairro do Rio Vermelho, na capital baiana. Milhares de pessoas passaram pelo velório e o corpo deixou o palácio sob aplausos. Mais de 60 policiais da Casa Militar do Governador da Bahia, do 18º Batalhão e do Batalhão de Trânsito da Polícia Militar estão mobilizados para garantir a segurança durante o cortejo fúnebre do escritor.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.