Corpo de Carequinha é velado em São Gonçalo, no Rio

A prefeitura de São Gonçalo decretou ponto facultativo hoje e luto de três dias pela morte do artista George Savalas, o palhaço Carequinha. Ele tinha 91 anos e teve morte súbita essa madrugada, provavelmente em decorrência de problemas cardíacos. O corpo do artista está sendo velado no Centro Cultural Joaquim Lavoura, em São Gonçalo, e o enterro está previsto para o fim da tarde no cemitério São Miguel. Carequinha enfrentou sérios problemas de saúde, no fim do ano passado. Ele esteve internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no Hospital das Clínicas de São Gonçalo por 28 dias para se recuperar de uma pneumonia dupla. Este ano, passou por uma cirurgia para desobstrução da uretra. Ele se recuperou bem e já havia voltado a fazer shows. É grande o movimento em frente à casa do artista na praça Zé Garoto em São Gonçalo. Carequinha deixou cinco filhos, quatro netos e quatro bisnetos e sua mulher Eupidia, com quem estava casado há mais 60 anos. "O palhaço típico, aquele que nasce com o Dom, morre comigo", disse Carequinha em entrevista ao Estado de S.Paulo, em 2001.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.