Cópia da lista de Schindler é posta à venda por US$ 2,2 mi

Documento tem data de 18 de abril de 1945, tem 13 páginas e 801 nomes e ficou famoso no filme de Spielberg

EFE,

23 de março de 2010 | 20h31

Uma cópia da lista que Oskar Schindler fez para salvar mais de mil judeus da perseguição nazista está sendo vendida nos Estados Unidos por US$ 2,2 milhões, noticia hoje o site do jornal "Daily News".

 

O diretor da casa de leilões especializada em documentos históricos M.I.T. Memorabilia, Gary Zimet, disse que a cópia será vendida "ao primeiro que quiser".

 

Segundo o diário, a lista foi elaborada pelo próprio Schindler (1908-1974) e por seu contador, Itzhak Stern (1901-1969). O documento tem data de 18 de abril de 1945, tem 13 páginas e contém 801 nomes com datas de nascimento e profissões.

 

A cópia é a única nas mãos de um colecionador particular. A história ganhou fama no mundo todo após "A Lista se Schindler" (1993), vencedor do Oscar de Melhor Filme e dirigido por Steven Spielberg.

 

Além da lista, a casa de leilões nova-iorquina informa em seu site da venda de outros documentos históricos relacionados com Schindler e com o fim da Segunda Guerra Mundial (1939-1945), mas não fala em preços.

 

Entre esses itens, destaca-se uma foto assinada por Schindler no verso, datada de 1948 em Regensburgo.

Tudo o que sabemos sobre:
Lista de Schindler

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.