Copa do Mundo? Que Copa?

Durante este final de semana, ao menos um acontecimento dividirá as atenções no mundo pop com a Copa da África do Sul. Uma fazenda gigante na região de Pilton, Inglaterra, está abrigando desde quinta e até amanhã a edição 2010 do Glastonbury, maior festival musical e artístico ao ar livre do planeta, que deve receber no total cerca de 180 mil visitantes.

, O Estado de S.Paulo

26 de junho de 2010 | 00h00

Evento que congrega grandes nomes da música e dezenas de novos artistas, o Glastonbury está em sua edição 40 e, talvez pela importância da marca, escalou para sua famosa Pyramid Stage (palco principal) um line up variado, que vai de Shakira a Muse, passando por Gorillaz, Snoop Dogg e Stevie Wonder.

Ao todo são 45 palcos espalhados pela fazenda de Michael Eavis, criador do festival, que teve sua primeira edição em 1970 - um dia após a morte de Jimi Hendrix - acompanhada por 1.500 pessoas que pagaram cerca de R$ 5 pelo ingresso, com direito a leite grátis oriundo da própria fazenda.

Todos os anos, os ingressos para o festival costumam se esgotar em menos de uma semana, a meses de "distância" da realização do evento, sem sequer haver anúncio oficial de qualquer banda. O Glastonbury é um conhecido ponto de encontro que reúne pessoas antenadas e esquisitas dos quatro cantos do mundo, parte interessada na música e novas tendências, parte interessada apenas em se divertir, mesmo que isso signifique andar fantasiado de Batman ou Homem-Aranha pela lama costumeira do local durante os quatro dias de duração.

Além de shows que vão do jazz ao punk, a programação do evento conta com apresentações teatrais, circenses, fóruns de discussão e debates sobre música, tecnologia, comportamento e política. Tanto que na última quinta, um dia antes da abertura oficial, a "fazenda Glastonbury" recebeu a visita do Príncipe Charles, que acompanhou algumas apresentações.

DE OLHO NO SOM NEM PRECISA IR LÁ

Canais e redes sociais, Twitter, Flickr e YouTube, ficam infestados de informações, fotos e vídeos sobre o festival Glastonbury. A BBC, detentora dos direitos de transmissão, faz constantes boletins e transmite alguns shows ao vivo, via rádio ou TV. Tem até um site especial para o evento: www.bbc.co.uk/glastonbury. O jornal inglês Guardian criou em sua página na internet uma lista direcionada e atualizada por jornalistas, bandas e leitores, que pode ser conferida no www.guardian.co.uk/twitter/list/glastonbury2010.

RETORNO A VOLTA DO INTERPOL

Um dos álbuns mais aguardados do ano começa a ser comentado com ênfase pela internet. Programado para 13 de setembro, o próximo do Interpol já tem três músicas circulando. O single Lights, que já era de conhecimento dos fãs, ganhou um vídeo. Enquanto isso, o grupo realizava em Buffalo (EUA) seu primeiro show após dois anos longe. Liderado por Paul Banks, o novo Interpol tem Brandon Curtis (ex-Secret Machines) nos teclados e David Pajo (ex-Tortoise e Yeah Yeah Yeahs) no baixo. No repertorio, duas inéditas: Success e Summer Well.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.