Contemporânea, Saramandaia da vez dispensa coronéis e jagunços

O Negócio, série da Mixer para a HBO, é aguardada para abril. No enredo, três garotas de programa aplicam conceitos de marketing para multiplicar seus rendimentos.

Cristina Padiglione, O Estado de S.Paulo

21 de novembro de 2012 | 02h10

Salve a caipirinha 1. A cachaça deve finalmente passar a fazer parte do Caipirinha Cocktail, happy hour que a Brazilian TV Producers (BTVP) promove anualmente na MipCom, feira de TV em Cannes, na edição de 2013. O drink lá, servido a produtores e distribuidores internacionais, ainda é de vodka.

Salve a caipirinha 2. A Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex), que patrocina a presença da BTVP nas feiras internacionais, promete unir a cachaça, legítimo produto exportação, ao audiovisual no menu do Caipirinha Cocktail em 2013.

A Globosat renegocia os direitos sobre a 2ª temporada da série Downton Abbey, que já estava anunciada para o canal Globosat HD.

É que o Globosat HD, antes canal premium, virou canal básico, o que fere o contrato de aquisição da série. Se não conseguir reverter isso, a Globosat tentará exibir Downton Abbey em outro de seus canais.

Luiz Fernando Carvalho dirige Erika Januza e Fabrício Boliveira no cemitério do Catumbi, no Rio, em cena de amanhã em Suburbia. Sequestrada por Bacana/Pablo Morais, ela é salva pelo namorado, com quem foge. Mas a polícia os persegue e não bota fé nos dois.

Original de Dias Gomes de 1976, Saramandaia dispensará, em sua releitura para nova produção na Globo em 2013, personagens que mandavam no interior do Brasil no século passado - OK., muita gente dirá que em alguns rincões do País isso ainda acontece. Mas o autor da nova versão, Ricardo Linhares, vai priorizar um cenário contemporânea para a nova Saramandaia, novela que terá 60 capítulos, aos moldes do que foi feito com O Astro e Gabriela, na faixa das 23 horas.

"Eliminei alguns personagens, núcleos e tramas da primeira versão, que hoje em dia seriam anacrônicos", diz Linhares à coluna. "O mundo mudou, a TV e os espectadores também mudaram. Não há mais coronéis nem jagunços, por exemplo. Ninguém mais anda armado numa cidade do interior." "As relações afetivas e familiares também mudaram", continua. "O que estava antigo, eu descartei. No lugar, criei novos núcleos, personagens e romances, que vou mixar com os personagens emblemáticos do Dias, como dona Redonda, Gibão, Zico Rosado, seu Cazuza, o que põe o coração pela boca quando ficar nervoso, e outros." Os tipos vão aparecer "em outro contexto, numa trama contemporânea".

Linhares chama a atenção para a força da memória afetiva em torno de Dona Redonda, personagem de Wilza Carla que, de tão gorda, explodia. "Todos a mencionam. Mas a personagem explodia bem no comecinho da novela, no capítulo 26 de uma novela com 160 capítulos. Todos se referem a ela como uma personagem fundamental, mas era só uma participação."

Saramandaia estreará na segunda quinzena de junho, sob direção de Denise Saraceni e Fabrício Mamberti.

10 filmes sobre grandes catástrofes é o que o canal Syfy exibirá, em contagem regressiva, até 21 de dezembro, data marcada para o fim do mundo, segundo algumas interpretações do calendário Mais.

O Negócio, série da Mixer para a HBO, é aguardada para abril. No enredo, três garotas de programa aplicam conceitos de marketing para multiplicar seus rendimentos.

Salve a caipirinha 1. A cachaça deve finalmente passar a fazer parte do Caipirinha Cocktail, happy hour que a Brazilian TV Producers (BTVP) promove anualmente na MipCom, feira de TV em Cannes, na edição de 2013. O drink lá, servido a produtores e distribuidores internacionais, ainda é de vodka.

Salve a caipirinha 2. A Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex), que patrocina a presença da BTVP nas feiras internacionais, promete unir a cachaça, legítimo produto exportação, ao audiovisual no menu do Caipirinha Cocktail em 2013.

A Globosat renegocia os direitos sobre a 2ª temporada da série Downton Abbey, que já estava anunciada para o canal Globosat HD.

É que o Globosat HD, antes canal premium, virou canal básico, o que fere o contrato de aquisição da série. Se não conseguir reverter isso, a Globosat tentará exibir Downton Abbey em outro de seus canais.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.