Conselho da Cultura busca candidatura alternativa

Com a desistência de João Sayad, atual presidente da Fundação Padre Anchieta, conselheiro Marcos Mendonça é o único candidato declarado ao cargo

O Estado de S.Paulo

11 de abril de 2013 | 02h18

A pouco mais de um mês da eleição para o novo presidente, que está marcada para o dia 13 de maio, conselheiros da Fundação Padre Anchieta se mobilizam por uma segunda candidatura. Com a desistência de João Sayad, atual presidente da Fundação, o conselheiro Marcos Mendonça é o único candidato declarado ao cargo. Um documento, assinado pelo também conselheiro Roberto Teixeira da Costa, tenta viabilizar um outro nome. "Que não represente um retorno ao passado nem uma continuidade da atual gestão. Fizemos conquistas importantes, progredimos, mas é sempre bom renovar", disse Teixeira da Costa. De acordo com ele, existe ambiente dentro do conselho para a proposição de outro candidato. "Seria importante contar com uma alternativa." Entre os nomes cotados, aparecem Claudia Costin (foto), secretária municipal de Educação do Rio; Carlos Augusto Calil, ex-secretário municipal de Cultura de São Paulo; e Eugênio Bucci, ex-presidente da Radiobrás.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.