Consciência negra em Spike Lee

Sobrevivendo ao Natal

LUIZ CARLOS MERTEN, O Estado de S.Paulo

22 de novembro de 2012 | 02h07

16H05 NA GLOBO

(Surviving Christmas). EUA, 2004.

Direção de Mike Whitcher, com Ben Affleck, Christina Applegate, James Gandolfini, Catherine O'Hara.

Ben Affleck faz executivo que se isolou de tudo e todos e precisa contratar uma família de mentira para não passar o Natal sozinho. Só que ele inferniza tanto a vida das pessoas que... Affleck não deu muito certo como herói romântico nem de ação, mas virou um ótimo diretor (e Argo, em cartaz nos cinemas, é prova disso). Esta comédia é boa, mas sua programação parece meio extemporânea. A Globo antecipa-se, e muito, ao Natal. Reprise, colorido, 91 min.

O Escândalo

22 H NA CULTURA

(Le Scandale/The Champagne Murders). França, 1967. Direção de

Claude Chabrol, com Anthony

Perkins, Maurice Ronet, Yvonne

Fourneaux, Stéphane Audran.

O Clube do Filme resgata um filme importante do francês Chabrol nos anos 1960. A história é típica do diretor - uma família burguesa, de província, e os crimes praticados por seus integrantes. Chabrol foi um dos autores importantes revelados pela nouvelle vague, mas após uma meia dúzia de filmes interessantes ele ingressou numa fase abertamente comercial. Nem tudo é absolutamente ruim, como diz Jean Tulard no Dicionário de Cinema, mas é decepcionante em relação à ambição inicial. Com O Escândalo e, depois, As Corças, dois policiais, Chabrol retomou sua melhor fase. Reprise, colorido, 105 min.

Alpha Force

23 H NA REDE BRASIL

(Alpha Force). EUA, 2002. Direção de Phillip J. Roth, com Olivier Gruner, Roger R. Cross, Adrienne Wilkinson.

Nave alienígena cai perto de estação de processamento nuclear, na Rússia. Equipe especial é enviada para o local. O ET parece indestrutível e, na verdade, está ali para roubar urânio. O que fazer? A tropa pode ser de elite, o filme não é. Inédito, colorido, 91 min.

Home Room - A Sobrevivente

2H55 NA BAND

(Home Room). EUA, 2002. Direção de Paul F. Ryan, com Busy Philipps, Erika Christensen, Raphael Sbarge, James Pickens Jr., Roxanne Hart.

Garota sobrevive a tiroteio na escola. No hospital, recebe a visita de testemunha, mas a polícia suspeita de que essa outra garota seja, na verdade, a assassina. O horror, o horror. Reprise, colorido, 128 min.

Freejack, os Imortais

4H10 NA REDE BRASIL

(Freejack). EUA, 1992. Direção de Geoff Murphy, com Emilio Estevez, Mick Jagger, Rene Russo, Anthony Hopkins.

Emilio Estevez faz corredor que sofre acidente nas pistas e acorda numa época futura, para descobrir que a mente de bilionário será transferida para seu corpo. Fantasia científica baseada em livro de um ator prestigiado do gênero, Robert Sheckley (Immortality Inc.). Apesar do elenco - e do rolling stone Mick Jagger -, o filme foi um fiasco. Compreensivelmente, como você poderá confirmar. Reprise, colorido, 110 min.

TV Paga

A Rosa Púrpura do Cairo

17H35 NO TCM

(The Purple Rose of Cairo). EUA, 1975. Direção de Woody Allen, com Mia Farrow, Jeff Daniels, Danny Aiello, Dikanne Wikest, Van Johynson.

Em plena depressão econômica dos anos 1930, a garçonete Mia Farrow tenta fugir de sua vida medíocre no escurinho do cinema. Um dia, o herói da tela interrompe a ação para falar com ela. Um dos grandes filmes de Woody Allen - e um dos mais influentes. A síndrome de Cecília, em que a personagem entra e sai da tela, marcou a publicidade e o próprio cinema da época. Grande diversão, e um dos melhores papeis de Mia, quando ainda era casada com Woody. Reprise, colorido, 82 min.

Central do Brasil

19 H NO CANAL BRASIL

Brasil, 1998. Direção de Walter Salles, com Fernanda Montenegro, Vinicius Oliveira, Marília Pêra, Othon Bastos, Matheus Nachtergaele.

Fernanda Montenegro foi indicada para o Oscar de melhor atriz e perdeu para a Gwyneth Paltrow de Shakespeare Apaixonado. O filme também foi indicado na categoria de produção estrangeira, mas era o ano de A Vida É Bela, de Roberto Benigni. Apesar do resultado decepcionante no Oscar, este é um dos grandes filmes do diretor Salles - e do cinema brasileiro. Um filme sobre a construção da ética como remissão da miséria, contando a história de escrevinhadora que ajuda garoto na sua busca do pai. A grande surpresa quando se revê o filme é constatar que o garoto Vinicius Oliveira é tão bom e até melhor do que a grande Fernanda. Reprise, colorido, 100 min.

Faça a Coisa Certa

22 H NO TELECINE CULT

(Do the Right Thing). EUA, 1989.

Direção e interpretação de Spike Lee, com Danny Aiello, Ossie Davis, Ruby Dee, Giancarlo Esposito, Joie Lee.

É uma pena que a Globo não tenha exibido este filme na terça, quando se comemorava o Dia da Consciência Negra. É a obra-prima do ator e diretor Spike Lee, sobre as hostilidades que explodem num dia particularmente quente no Brooklyn, em Nova York. A comunidade negra agita-se e parte para o pau contra italianos que possuem pizzaria. Danny Aiello também está na comédia de Woody Allen, à tarde. Reprise, colorido, 120 min.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.