Confusão impede anúncio de campeã do Carnaval de SP

Um tumulto envolvendo torcedores das escolas de samba de São Paulo e um incêndio que tomou conta do pátio onde estão estacionados os carros alegóricos impossibilitaram a definição da campeã do Carnaval de São Paulo de 2012. No momento, bombeiros tentam controlar o incêndio.

ALINE BRONZATI E FERNANDA GUIMARÃES, Agência Estado

21 Fevereiro 2012 | 18h15

Por conta da confusão, ainda não se sabe qual será o desfecho do Carnaval paulista. Uma das possibilidades é que o resultado fique do jeito que estava antes do início da leitura do último quesito, a Comissão de Frente. Até o momento, a Mocidade Alegre estava liderando, seguida das escolas Rosas de Ouro e Vai-Vai.

Na outra ponta da tabela, Camisa Verde e Branco e Pérola Negra correm o risco de serem rebaixadas.

O primeiro torcedor a invadir o palanque onde estava sendo feito a leitura das notas, por volta das 17h40 - uma hora e 15 minutos após o início da apuração -, era da Império da Casa Verde. A escola estava na 11ª colocação, com 159 pontos. No ano passado, a Império escapou por pouco de um rebaixamento para o Grupo de Acesso do Carnaval de São Paulo.

Além dele, torcedores de outras escolas também invadiram o palanque, jogaram papéis com as notas e cadeiras. Torcedores da Gaviões, que ocupavam, uma arquibancada superior durante a apuração, deixaram o sambódromo arrancando placas que separam a marginal do Anhembi. Também já há briga entre as torcidas rivais.

Mais conteúdo sobre:
Carnaval SP Tumulto Apuração

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.