Concurso escolhe melhores microfotografias do mundo

Brasileiro de Centro de Biologia Marinha da USP ficou em 5º lugar com foto de estrela do mar

BBC Brasil, BBC

22 de outubro de 2009 | 10h45

Foto do brasileiro, Bruno Vellutini, do Centro de Biologia Marinha da USP.

 

O concurso Nikon Small World premiou os dez melhores trabalhos em microfotografia - de um total de cerca de 2 mil fotografias submetidas de várias partes do mundo.

O primeiro lugar ficou com Heiti Paves, da Universidade de Tecnologia de Tallinn, na Estônia. Sua foto mostra detalhe da planta herbácea Arabidopsis thaliana.

 

Acima, o terceiro lugar, foto de Pedro Barrios-Perez de emulsão usada na fabricação de semicondutores, com ampliação de 200 vezes.

O concurso também premiou um brasileiro, Bruno Vellutini, do Centro de Biologia Marinha da Universidade de São Paulo (USP), que ficou em quinto lugar com a microfotografia da superfície oral de uma estrela do mar.

 

Acima, o quarto lugar, foto de James Hayden do ovário de um peixe-diabo, ampliado quatro vezes.

O concurso Nikon Small World, realizado anualmente, é considerado a maior competição mundial de microfotografia.

 

O professor Bernardo Cesare, do Departamento de Geosciência da Universidade de Pádua, conseguiu o nono lugar com esta foto de uma rocha magmática, ampliada cinco vezes.

O concurso foi criado em 1974 para premiar as melhores fotos tiradas com a ajuda de um microscópio.

As principais imagens vão ser incluídas em um calendário e exibidas em uma mostra itinerante nos Estados Unidos.

 

BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.