Companhia investe em novos autores

Fundador do grupo A Jaca Est,Geraldo Fernandes parece decidido a apostar em novos autores.Hoje É Sábado, criação do grupo em cartaz no Café Teatro &Cia (Rua Dr. Vila Nova, 241), na qual Fernandes atua, tem textodo paulistano Eduardo Souzá, encenado profissionalmente pelaprimeira vez. E Fernandes é o diretor de Cone e Bastonete, textode Décio Filho, que estréia nesta quarta-feira no Teatro X, com DirceCouto e Sylvie Laila no elenco. O grupo foi responsável pelamontagem de outro texto desse autor, Pic-Nic no Armagedon. Onovo texto de Décio,uma comédia na linha do nonsense, tem comopersonagens um contra-regras e um iluminador que, sozinhos numpalco de teatro, fazem os últimos ajustes técnicos para uma peça, pouco antes do ensaio geral. "Um palco, antes de um ensaio desses, é cheio detranqueira - urdimentos, varas de luz, refletores, gelatinas.Nós tivemos ajuda do Grupo XPTO para recriar esses objetos comcores e dimensões não realistas, na mesma linha de nonsensesugerida pelo texto", diz Fernandes. O iluminador perdeu asensibilidade para cores e depende do contra-regras para"identificar" as cores das gelatinas que precisa usar no seutrabalho. Já o contra-regras tem uma bala alojada no seu corpo,o que lhe causa problemas. "Eles dependem um do outro e a peçafala essencialmente dessa relação entre duas pessoas que não sesuportam, mas também não conseguem se separar." A metalinguagemestá presente no texto - "de tanto ver peças eles incorporaramcenas, são quase fragmentos de personagens que já passaram pelopalco" - e na encenação, que "brinca" com uma mistura degêneros teatrais. Fernandes considera positiva a aposta em novadramaturgia. "Hoje É Sábado tem tido ótima recepção dopúblico." A peça de Souzá tem como ponto de partida a visita deuma vendedora de cosméticos a um artista underground que estápara ser despejado de seu apartamento.Serviço - Cone e Bastonete. De Décio Filho. Direção GeraldoFernandes. Quarta e quinta, às 21 horas. R$ 15,00. EstúdioTeatro X. Praça Roosevelt, 124, centro, São Paulo. Tel.3231-0178. Até 30/5

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.