Como se transforma o erro em regra

Marte e Júpiter em oposição, ambos em quadratura com Plutão; Lua é quarto minguante em Touro.

Quiroga, O Estado de S.Paulo

02 de agosto de 2010 | 00h00

Na justa equação democrática o problema é a quantidade avassaladora de humanos enganados por noções pervertidas e, por isso, presos no labirinto dos erros. Para evitar assumir sua triste condição eles e elas se refestelam em prazeres sensoriais elogiando-se mutuamente e a si mesmos, mas como são de escasso entendimento da Vida só confiam na presunção e se inclinam à arrogância. Passionais, irritáveis e sempre invejosos, eles e elas envilecem a Vida que os faz viver e ser. Na justa equação democrática isso é um problema, pois, se são maioria o resultado é que então o erro se converte na regra. Porém, nem isso deve ser considerado obstáculo insuperável, porque de alguma forma misteriosa a própria Vida ajustará e compensará a situação.

ÁRIES 21-3 a 20-4

As disputas ficam na ordem do dia novamente, mas sua alma não é obrigada a entrar nessas, inclusive porque a grande maioria não passa de armadilhas para que você perca o foco e não avance do jeito que poderia.

TOURO 21-4 a 20-5

Melhor progredir sem a companhia desejada do que ficar a ver navios em boa companhia. O progresso é fundamental, mesmo porque sem esse a tal da boa companhia desapareceria sem deixar rastros. Avance, só isso importa.

GÊMEOS 21-5 a 20-6

Tudo pode ser diferente dessa vez. Normalmente, quando sua alma está nervosa ela acaba criando problemas maiores dos que com boa intenção pretenderia solucionar. Fazer diferente dessa vez seria simplificar tudo.

CÂNCER 21-6 a 21-7

As pessoas próximas são as que normalmente mais atrapalham, porque se habituam de tal forma a repetir os mesmos padrões que não sabem como tomar atitudes que promovam avanço e progresso substancial. Isso deve mudar.

LEÃO 22-7 a 22-8

Inúmeras situações corriqueiras tendem a transformar-se em objeto de irritação, mas fica aqui a sugestão de você evitar se contaminar com esse ardor, já que a emenda ficaria pior do que o soneto. Deixe passar.

VIRGEM 23-8 a 22-9

A imaginação prende você a uma visão distorcida dos acontecimentos e, por isso, o resultado é limitante. Porém, será com a imaginação também que você conseguirá superar esta limitação. Só que outra diferente.

LIBRA 23-9 a 22-10

As boas intenções colocadas em marcha sem levar-se em conta a hora e lugar adequados são recebidas como verdadeiras agressões pelas pessoas que supostamente se beneficiariam com essas. Planeje melhor essas boas intenções.

ESCORPIÃO 23-10 a 21-11

Inevitavelmente, você estenderá armadilhas e criará estratégias para tentar comprovar suas suspeitas. Inevitavelmente também, você perderá o fio da meada e sua alma será a única a cair nessas armadilhas.

SAGITÁRIO 22-11 a 21-12

Quando as atitudes firmes se convertem em hábitos, as pessoas começam a traduzi-las como meras agressões ou mesmo má educação. Por isso, só lance mão da firmeza retumbante em última instância.

CAPRICÓRNIO 22-12 a 20-1

Você não precisa progredir com rapidez, mas de forma eficiente, criando resultados que beneficiem a maior quantidade possível de pessoas. Só assim seu sucesso não será convertido em fracasso pelo tempo.

AQUÁRIO 21-1 a 19-2

Para nunca mais ser vítima de fofocas em primeiro lugar você não deve emprestar seus ouvidos quando as pessoas quiserem depositar algumas maledicências neles. A fofoca existe porque há quem as diga e quem as ouça também.

PEIXES 20-2 a 20-3

Combata seus vícios, reconheça tudo que poderia fazer e que significaria progresso para reconhecer também as próprias atitudes que substituem esse progresso disponível. Viver aquém do merecido não é destino nobre.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.