Comissão vota emendas ao projeto sobre a meia-entrada

Projeto quer estabelecer o sistema de cota de 40% dos ingressos destinados à meia-entrada

Da Redação,

08 de dezembro de 2008 | 20h01

A Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE) vota, em reunião nesta terça-feira, 9, as emendas apresentadas pelos senadores Inácio Arruda (PCdoB-CE) e João Pedro (PT-AM) ao substitutivo apresentado pela senadora Marisa Serrano (PSDB-MS) ao Projeto de Lei do Senado 188/07, de autoria dos senadores Eduardo Azeredo (PSDB-MG) e Flávio Arns (PT-PR), segundo informa o site do Senado.   Veja também: Comissão do Senado aprova projeto da meia-entrada Ministério da Cultura apóia regulamentação da meia-entrada Enquete: Projeto de lei propõe cota máxima de 40% para a meia-entrada. Você é a favor?    Foram apresentadas, ao todo, seis emendas (duas de Inácio Arruda e seis de João Pedro). A matéria foi aprovada na reunião da CE do último dia 25 e será votada agora em turno suplementar. Esse turno existe exatamente para que os demais senadores possam oferecer emendas ao novo texto, chamado substitutivo por tomar o lugar do anterior. A redação oferecida por Marisa Serrano assegura a meia-entrada para estudantes e pessoas com mais de 60 anos em cinemas, teatros, circos, museus, parques e eventos educativos e esportivos, mas limita a venda de ingressos pela metade do preço a 40% da lotação.   O senador Inácio Arruda apresentou, nessa votação, voto em separado propondo a retirada do limite de 40%, mas sua proposta foi rejeitada por 14 votos a 7. A cota foi defendida pelos autores e pela relatora do projeto.

Tudo o que sabemos sobre:
meia-entrada

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.