Comemorações incluem Itália e Espanha

Começaram em março, no México, no Palácio de Belas Artes, as comemorações pelos 80 anos de Fernando Botero. Com 177 obras, entre pinturas, desenhos, técnica mista e cinco esculturas, Botero - Uma Celebração é a maior exposição feita sobre sua carreira de 65 anos e ficará em cartaz até 17 de junho.

O Estado de S.Paulo

19 de abril de 2012 | 03h09

Dividida em categorias temáticas, inclui a sua produção desde o início, ainda jovem, até uma série sobre as torturas cometidas pelos soldados americanos contra presos iraquianos em Abu Ghraib.

Na Colômbia, as homenagens ao artista tiveram início no dia 3, com a mostra Via-Crúcis - A Paixão de Cristo, no Museu de Antioquia, que reúne 27 pinturas a óleo e 33 desenhos feitos em 2010. O artista doou 61 obras de Via-Crúcis a este museu. A exposição esteve antes em Nova York, na Galeria Marlborough. Também dia 3, Botero inaugurou sua escultura de bronze O Gato no parque que leva o seu nome, em Medellín.

As comemorações continuam em 17 de maio em Assis, Itália, com a apresentação de 80 esculturas. Em 8 de outubro, a mostra vai estar em Bilbao e depois deve vir a São Paulo. / COM AGÊNCIAS

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.