AP
AP

Comediante Phyllis Diller morre aos 95 anos

Artista foi uma das primeiras a trabalhar com comédias stand-up nos EUA

Reuters

20 de agosto de 2012 | 16h51

LOS ANGELES - A comediante Phyllis Diller, a ex-dona de casa cuja gargalhada estridente e as piadas sobre sua própria aparência fizeram dela uma das primeiras mulheres dos Estados Unidos a trabalhar com comédia stand-up, morreu nesta segunda-feira, 20, aos 95 anos, de acordo com seu agente.

O assessor, Fred Wostbrock, disse em comunicado que sua morte era "uma grande perda. Ela era uma verdadeira pioneira, foi a primeira mulher da comédia stand-up, abriu caminho para todos. Uma verdadeira pioneira."

Mais conteúdo sobre:
GENTEPHYLLISMORRE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.