Comédia 'Mambo Italiano' estará em cartaz no carnaval

O que é ser normal? O filho gay ou a família histérica? "Mambo Italiano", comédia de costumes contemporânea, debate esse tema, influenciada pelo timing das sitcoms americanas e pelas clássicas sátiras de costumes, entrará em cartaz no Teatro Nair Belo, em São Paulo, a partir de sexta-feira, em pleno carnaval.

AE, Agência Estado

02 de março de 2011 | 16h58

A comédia do canadense Steve Galluccio ambienta a sua farsa na estrutura familiar atual, em que seus componentes veem seus valores atávicos sendo derrubados paulatinamente. "O texto fala sobre essa crise no seio da família de maneira leve, levando à reflexão e ao riso a partir de um enredo bem envolvente", diz Clarisse Abujamra, diretora do espetáculo, em entrevista à assessoria de imprensa Morente Forte, que distribuiu o texto à imprensa.

O elenco é formado pelos atores Claudia Mello, Antonio Petrin, Tânia Bondezan, Luciano Andrey, Lara Cordula, Jarbas Homem de Mello e Carla Fioroni. De acordo com a assessoria, "Mambo Italiano" evoca uma dança inusitada - um caminho de vivências peculiares de cada um. "Dançar" o Mambo Italiano foi, por exemplo, a escolha da tia Yolanda, que fugiu em busca de sua felicidade, e de Ângelo (Luciano Andrey), seu sobrinho, que opta por uma trajetória diferente dos demais. Ele exerce a profissão de roteirista para TV e assume ser gay.

Ângelo é filho de Gino (Antonio Petrin) e de Maria (Claudia Mello). O comportamento de sua irmã Ana (Lara Córdula) também foge do padrão familiar. A moça busca alternativas para sair de casa e escapar da opressão doméstica. O companheiro de Ângelo, Nino (Jarbas Homem de Mello), vive no conforto do "armário", a salvo das pressões sociais e familiares. Porém, uma confissão desastrada de Ângelo levanta a ira do amante, de sua família e da mãe de Nino, Lina (Tânia Bondezan), que vê em Pina (Carla Fioroni), a salvação para o filho: um casamento bem-sucedido.

"Mambo Italiano" levanta a discussão sobre a normalidade e aborda a desagregação dos valores conservadores dos imigrantes, que tentam manter o núcleo familiar coeso - e controlado. Para Clarisse, todo brasileiro tem um pouco de italiano e todas as famílias trazem crises parecidas. "Com certeza haverá identificações, reflexões, emoção e muito riso", finaliza a atriz, que soma em seu currículo a direção de quatro espetáculos, entre peças e shows.

Mambo Italiano

Teatro Nair Bello

Shopping Frei Caneca

Rua Frei Caneca, 569 - 3° andar.

Tel.: 3472-2414

Sexta, às 21h30. Sábado, às 21h. Domingo, às 19h.

Ingressos: R$ 50

Duração: 80 minutos

Recomendação: 14 anos

Gênero: Comédia

Bilheteria: de terça a sábado, das 14h às 21h30; domingos, das 14h40 às 19h. Estacionamento R$ 6 até duas horas.

Vendas: www.ingresso.com e tel.: 4003-2330

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.