Começa temporada das artes visuais

O ano das artes visuais demorou em férias, mas parece ter começado para valer. Durante esta semana, a maioria das galerias e museus reabriu as portas e deu início às programações de 2001. Entre as exposições em cartaz, duas que foram inauguradas esta semana têm grande chance de ser lembradas como as principais do ano: a de José Pancetti, uma grande e bem cuidada retrospectiva no Museu de Arte Brasileira da Faap (MAB), e a antologia dedicada à obra de Antonio Dias, no Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM-SP).Mas nem só grandes celebridades movimentam o circuito das artes de São Paulo. A Casa das Rosas, por exemplo, iniciou sua programação do ano com uma coletiva de formandos da USP. São dez exemplo de arte contemporânea que utilizam diferentes linguagens, suportes e códigos. Uma única obra ocupa a Capela do Murumbi a partir desta semana: a instalação Reunião de Prazeres que é, na verdade, uma reunião de referências à passagens bíblicas assinadas pela artista plástica Carol Seiler, que utilizou tecido, impressão fotográfica (da imagem de seu pai), madeira, ouro e objetos pessoais.O Museu Brasileiro da Escultura (MuBE) também começou o ano com uma individual. Adriana Barreto apresenta no museu uma grande instalação feita de papel, areia e aglutinantes em estruturas que compõem três trípticos resultantes de uma pesquisa de mais de três anos. A mostra, que esteve no Rio e que segue para Belo Horizonte, tem curadoria de Fernando Cocchiarale curador do MAM do Rio.A Galeria Baró Senna abriu duas exposições. Umbilical - Meninos, do artista plástico espanhol Luis Vidal, foi realizado no Brasil no fim do ano passado. Usando como pano de fundo as cidades de São Paulo e Rio, Vidal retratou o universo de sete meninos de rua destacando, primeiramente, seus umbigos e, depois dando-lhes cordões umbilicais. "Uma referência à procura pela origem materna", explica o artista que está em Havana.A exposição conta com três fotografias desses meninos e uma instalação com três bebês fundidos em bronze, uma continuação da série Lindos (recém-nascidos), desenvolvida desde 1996. Já no projeto Mezanino, espaço oferecido pela galeria aos novos artistas, Renato Dib expõe Obras do Desejo. São esculturas e objetos feitos em tecido, como almofadas, tapeçarias e bordados, que remetem a um universo doméstico e intimista. O artista tenta extrair das formas desses objetos as sensações ligadas ao corpo.Já a escultora carioca Vera Torres expõe 14 peças na Galeria Marta Traba, no Memorial da América Latina. As esculturas foram produzidas em fibra de carbono (material que permite um trabalho com curvas) com pigmentos naturais extraídos de raízes, folhas e frutas. Um trabalho desenvolvido há três anos que tem como objetivo ressaltar a "brasilidade" e luminosidade das formas naturais, inspiradas na flora da mata atlântica e da selva amazônica. Com curadoria de Carlos Barbosa Viana, que acompanha a escultora há 20 anos, a exposição vai para a França no segundo semestre deste ano.Adriana Barreto. De terça a domingo, das 10 às 19 horas. MuBE. Avenida Europa, 218, tel. 3081-8611. Até 4/3.Antonio Dias. De terça, quarta e sexta, das 12 às 18 horas, quinta, das 12 às 22 horas; sábado e domingo, das 10 às 18 horas. R$ 5,00. Museu de Arte Moderna de São Paulo. Parque do Ibirapuera, s/n.º, portão 3, tel. 549-9688. Até 8/4.Carol Seiler. De terça a domingo, das 9 às 17 horas. Capela do Morumbi. Avenida Morumbi, 5.387, tel. 3772-4301. Até 28/2.Luis Vidal. De segunda a sexta, das 11 às 19 horas; sábado, das 11 às 14 horas. Galeria Baró Senna. Alameda Gabriel Monteiro da Silva, 296, tel. 3061-9224. Até 24/2.Pancetti - O Marinheiro Só. De terça a sexta, das 10 às 21 horas, sábado, domingo e feriado, das 13 às 18 horas. MAB/Faap. Rua Alagoas, 903, tel. 3662-1662 r. 1123/1171. Até 28/2.Vera Torres. De terça a domingo, das 10 às 18 horas. Memorial da América Latina - Galeria Marta Traba. Avenida Auro Soares de Moura Andrade, 664, tel. 3823-9611. Até 18/2

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.