Começa o Comic-Con, maior evento de HQ dos EUA

Palestras, trailers e muitas dicas sobre Speed Racer, Indiana Jones, Star Trek e outros

Adriano Marangoni, especial para o estadao.com.br,

26 de julho de 2007 | 16h23

Começa nesta quinta-feira, 26, a Comic-Com de San Diego, maior evento sobre quadrinhos e cultura pop dos Estados Unidos. A convenção, que vai até o dia 29, é a Meca dos nerds americanos.  Veja também: Toda programação do evento Lista dos indicados ao Eisner Awards  As atrações se dividem entre palestras como A Relação entre Quadrinhos e Literatura ou As Muitas Faces de uma Graphic Novel, sessões de autógrafos de autores como Neil Gaiman e Frank Miller, além da apresentação de trailers e informações sobre lançamentos de filmes e séries, como Speed Racer, Indiana Jones, Star Trek, Heroes e Lost. No gigantesco San Diego Convention Center, a Comic-Con tem fama de trazer as mais acaloradas discussões entre os fãs/fiéis, indo além da velha questão sobre o fato de um afro-americano (Lando Calrissian, interpretado por Billy Dee Williams) ter sido responsável por explodir a Estrela da Morte em Star Wars. (a cine-série de George Lucas, aliás, completa 30 anos a serem celebrados durante o evento). Eterno convidado Debates dos quais o diretor Kevin Smith (convidado de honra todos os anos) sempre fez piada em vários de seus filmes, esse tipo de detalhe da cultura pop é o que garante o sucesso de uma das maiores fatias da indústria de entretenimento norte-americano. Vide sucessos como Homem-Aranha 3 ou Transformers, repletos de referências às suas encarnações originais, e que só em sua semana de estréia, faturaram algo em torno de US$ 150 milhões (R$ 300 milhões) cada um.  Isso se explica na devoção dos fãs, consumidores fiéis de cada edição extra, cada DVD com cenas inéditas, pôsters, brinquedos e penduricalhos ligados aos seus personagens favoritos, expostos à exaustão na Comic-Con (num verdadeiro pesadelo adorniano).  Além de espaço de reunião entre profissionais e consumidores, a Comic-Con ainda abriga o Eisner Awards, premiação máxima dos quadrinhos daquele país e que tem entre os indicados deste ano nada menos que dois brasileiros, Gabriel Bá e Fábio Moon. Os irmãos gêmeos concorrem na categoria melhor publicação internacional com o quadrinho De: TALES, editado nos Estados Unidos pela Dark Horse Comics.   

Tudo o que sabemos sobre:
Comic-ConEUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.