Começa cotação para próximo "Casa dos Artistas"

Apesar de Casa dos Artistas ainda não ter chegado ao fim, já estão sendo cotados os nomes dos próximos artistas que desfilarão pela segunda edição do programa, com previsão de estréia para o início de 2002. Não é oficial - e a Assessoria de Imprensa do SBT não confirma nomes - mas o comediante Jorge Lafond, a Vera Verão de A Praça É Nossa, do SBT, garante estar liderando a votação lançada pela emissora na Internet. "Estou ganhando disparado, com milhares de votos. As pessoas do próprio SBT me dizem isso", comenta Lafond.De acordo com ele, os gêmeos Flávio e Gustavo, ex-SuperPositivo, da Rede Bandeirantes, ocupam a segunda colocação na preferência do público. Coincidência ou não, os gêmeos já estão fazendo algumas aparições em programas do canal: neste sábado, eles participarão de um quadro de A Praça É Nossa, ao lado da personagem Vera Verão. "Se eu fosse convidado para fazer parte do Casa dos Artistas, participaria com certeza, entraria para sacudir", esbraveja Lafond.O comediante garante que não teria muita dificuldade em permanecer confinado na casa por dias a fio. "Moro sozinho, já fico longe da família. O problema é que, de repente, eu teria de conviver com várias pessoas", comenta. "Durante uma ou duas semanas, tudo bem, mas depois não sobraria pedra sobre pedra. Não tenho papas na língua."A classe dos cantores românticos estaria representada pelo ex-calouro do apresentador Raul Gil, Robinson Monteiro, e pelo pagodeiro Salgadinho, antigo vocalista do grupo Katinguelê. "Eu pensaria na possibilidade, mas o cachê teria de compensar o tempo em que ficaria afastado dos shows", admite Salgadinho. "As pessoas ficam muito expostas no programa", completa ele, que acredita que Bárbara ou Supla têm grandes chances de vencerem.O elenco de musas poderá ser encabeçado pela modelo Ellen Roche, dubladora do programa Qual é a Música? e recente capa da Playboy", pela ex-integrante do grupo Banana Split Liz Vargas e pela modelo e policial Marinara Costa. "Eu aceitaria fazer parte do programa, mas é óbvio que antes quero saber como serão as regras", ressalta Marinara. "Ninguém ainda do SBT entrou em contato."Ela, no entanto, diz que levará em consideração duas grandes preocupações atuais da sua vida: as duas filhas - principalmente a menor, de 1 ano - e a profissão de policial. "Eu não poderei simplesmente faltar ao trabalho, terei de pedir férias."Como o reality show tem a proposta de ser a "novela da vida real" e seus participantes devem agir naturalmente, Marinara acredita que o público teria oportunidade de conhecer um outro lado de sua personalidade. "A maioria das pessoas acha que sou brava, que não levo desaforo para casa", pondera a policial, que acompanha o game sempre que pode, ao lado da filha de 11 anos.Entre os cotados para o próximo Casa, surgem também figuras inusitadas, como o debochado João Gordo, líder da banda punk paulista Ratos de Porão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.