Começa a feira do livro de Ribeirão Preto

A 5ª Feira Nacional do Livro de Ribeirão Preto, que começa hoje e vai até o dia 18, deverá reunir cerca de 300 escritores no centro do município do interior paulista. O evento é um dos maiores do País e a meta da organização é repetir os números de 2004: cerca de 290 mil visitantes e venda de 342 mil livros. Como este não é ano da Bienal Internacional de São Paulo, a feira de Ribeirão Preto, uma das maiores do mundo a céu aberto, torna-se a maior do Estado. Um dos destaques deste ano é a presença da escritora Nélida Piñon, a primeira brasileira a ganhar o Prêmio Príncipe de Astúrias das Letras. Ela estará no Salão de Idéias no domingo, dia 11, às 19 horas, no Anfiteatro da Biblioteca Padre Euclides.A feira começa oficialmente hoje, às 19 horas, e estará aberta nos demais dias das 9 às 21 horas, nas Praças XV de Novembro e Carlos Gomes. A patrona deste ano é Lucília Junqueira de Almeida Prado e as homenagens serão para o Estado de Pernambuco e para a Espanha. A escritora Clarice Lispector, que completaria 85 anos de nascimento este ano, também será homenageada.Outros escritores confirmados no evento são Ziraldo, José Castello, Menalton Braff, Luiz Puntel, Fernando Morais, Nádia Gotlib, Isaías Pessotti, Walcyr Carrasco, José Roberto Torero. MV Bill e Ferréz dividirão um salão na quarta-feira, às 19 horas. Diariamente, três salões vão aproximar os autores do público.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.