Começa a disputa entre os finalistas de Ídolos

A partir de hoje, os dez finalistas de Ídolos começam a disputa de qual deles será a nova voz do Brasil. O campeão terá direito a um contrato com a gravadora Sony/BMG para alçar vôo em uma carreira solo. Em nova fase, o programa ganha novo cenário e uma platéia de 350 convidados. Os candidatos apresentam-se, os jurados (Carlos Eduardo Miranda, Cyz, Thomas Roth e Arnaldo Saccomani) fazem suas críticas exageradas, mas a decisão final continua sendo do público, com votos por telefone ou mensagens via celular.A cada semana, um candidato é eliminado de acordo com a quantidade de votos recebidos. Nessa fase, é importante que o público vote no seu candidato favorito para continuar o assistindo nos programas seguintes. A disputa final será no dia 27 de julho com os dois últimos finalistas em um programa especial de duas horas.Em todos os episódios de Ídolos, os finalistas escolherão uma música, a partir de critérios definidos pela direção. Pegando carona no programa americano, a escolha da música sempre foi de fundamental importância para se definir um vencedor. Quem escolhe mal, se dá mal.A versão brasileira do sucesso americano American Idol, que está em sua quinta edição nos Estados Unidos, Ídolos estreou no SBT no dia 5 de abril de 2006. Para selecionar os candidatos, a atração realizou audições em cinco capitais (Brasília, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro e São Paulo). As inscrições começaram no dia 17 de novembro de 2005 e terminaram no dia 14 de dezembro do mesmo ano, com grande procura e filas por todo o país.Os candidatos Angel Duarte, Davison Batista, Giovana Félix, Leandro Lopes, Lucas Poletto, Osnir Alves, Paulo Neto, Pollyana Papel, Thais Moreira e Vanessa Oliveira são os 10 finalistas da atração musical. Ralação e cantoriaA primeira etapa vencida por esse grupo foi ficar na lista dos 115 selecionados pelo júri, de um total de 12 mil inscritos em todo o Brasil. Em seguida, tiveram mais uma vez de disputar um lugar em uma seleção de 30, escolhida também pelos quatro jurados. E finalmente chegar ao Top 10 somente com o voto do público. Três grupos de 10 candidatos apresentaram-se nas últimas semanas. A cada quinta-feira, três participantes foram selecionados pelo voto popular. Nesta etapa, formou-se um grupo de nove finalistas.Na última quarta-feira, o programa trouxe mais oito candidatos da repescagem feita pelo júri. Eles foram escolhidos a partir do grupo de 21 semifinalistas que não ficaram entre os mais votados. E, finalmente, o Top 10 foi revelado, quando o público elegeu o último candidato, Davison Batista.Os jurados tiveram papel fundamental na escolha dos candidatos, não só nas primeiras audições, como na escolha de quem voltava para a repescagem. A primeira fase ganhou o público mais pelo pitoresco do que pelo nível musical. Contou com candidatos de todos os tipos, religiões e times diferentes. Houve quem cantasse o "hino brasileiro", quem declamasse apenas poemas, quem cantasse com sotaque americano apesar de ter nascido no Nordeste. Hilário.Para quem perdeu esse festival de bizarrices, é possível assistir aos melhores momentos do programa tanto no site oficial (www.idolosnosbt.com.br) como no parque de diversões dos vídeos na internet, o site norte-americano You Tube (www.youtube.com).A 5ª temporada de ´American Idol´ acaba nesta semana na Sony Enfim, a temporada mais arrasadora de American Idol chega ao seu final. Transmitida para mais de 30 países na semana passada, o show contou com presenças ilustres: Mary J. Blige, Dionne Warwick, o grupo Live, Burt Bacharach e o convidado surpresa, ninguém mais ninguém menos do que Prince. Assistido por 36,4 milhões de pessoas nos EUA e com mais de 60 milhões de ligações para se definir a nova voz do País, o programa liderou a audiência na TV americana nas suas últimas semanas de exibição. Transmitido do Kodak Theater (o mesmo do Oscar), o show com duas horas de duração será transmitido por aqui pelo canal Sony nesta quinta, às 18h (com reprise às 22h). Desde seu apresentador, aos jurados, como na escolha musical, tudo funciona perfeitamente. Não é a toa que a vencedora da primeira temporada, Kelly Clarkson, papou dois Grammys este ano, inclusive superando Paul McCartney em um deles, e vendeu mais de 10 milhões de cópias de seu segundo álbum (Breakaway). Se somarmos os números dos vencedores das quatro temporadas anteriores, teremos mais de 33 milhões de cópias vendidas, além de 19 números 1 na parada da revista Billboard, o maior reconhecimento para um artista internacional. (Marco Bezzi)Confira o perfil de cada finalista da versão nacionalPAULO NETOO pernambucano de 24 anos nasceu na cidade de Timbaúba. Tem sua própria banda de axé e se define como uma pessoa determinada, que ama a vida, as pessoas e a arte. Ele tem como ídolos na música Cazuza e Ana Carolina.THAÍS MOREIRANascida em Brasília, Thaís, 24, começou a cantar aos 9 anos na missa com o apoio da mãe. Formou-se em Direito, mas descobriu que gosta de cantar. É fã de Djavan e Caetano Veloso, mas seus ídolos são sua mãe e Jesus.DAVISON BATISTANatural de Lorena (SP), Davison começou em uma banda de rock nacional na adolescência, com amigos do colégio. Apaixonou-se pelo samba e montou com os irmãos uma banda de pagode. Adora jogar futebol e tem dois filhos.LEANDRO LOPESCarioca, fã de Zé Ramalho e do cantor do Iron Maiden, Bruce Dickinson, Leandro, 22, montou uma banda de pop-heavy metal aos 16 anos. Além de cantar, participou de shows acústicos, tocando percussão e violão.ANGEL DUARTENatural de Brasília, Angel Duarte, 29, é o veterano da turma. Já tocou pagode, samba, bossa nova e MPB. Começou a tocar em bares e bailes quando tinha 16 anos. Tem como exemplo seu pai, que também era músico.VANESSA OLIVEIRAVanessa, 24, é a representante de Guaratinguetá. Herdou do avô a paixão pela música. Começou fazendo apresentações em shows, casamentos e bailes. Se define como uma pessoa de garra, humilde e religiosa.OSNIR ALVESO nome artístico do candidato nascido em Araguaína (TO) é Roni Rioss. Começou a cantar aos 10 anos. Hoje, com 24, faz shows em casas de música country com sua própria banda. Ele se define como uma pessoa simpática e perseverante.LUCAS POLETTOCom apenas 20 anos, o paranaense Lucas é estudante de fisioterapia e canta à noite em casamentos e bares. A paixão pela música foi herdada da avó. Começou a cantar aos 6 anos. Quatro anos mais tarde, já cantava em corais.POLLYANA PAPELA caçula da turma nasceu num lar musical. Seu pai toca violão e canta, e a mãe e as irmãs também são cantoras. É fã de MPB e pop rock. Sonha em fazer faculdade de música e tem como ídolos Djavan e Marisa Monte.GIOVANA FÉLIXA gatinha da temporada nasceu em São Paulo, mas com cinco meses de idade foi morar em Cambuí (MG). Antes de ser uma das finalistas, apresentava um programa no canal por internet All TV. Diz ser tímida, mas se transforma no palco.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.