AMANDA PEROBELLI/ESTADAO
AMANDA PEROBELLI/ESTADAO

Com programação, Fiesp inaugura novo centro cultural

O novo complexo vai abrigar cafeteria, jardim de inverno, galeria de fotos e livraria

Leandro Nunes, O Estado de S.Paulo

18 de fevereiro de 2017 | 03h00

Grande parte do público que frequenta o Teatro do Sesi não costumava perceber que acima da entrada havia um espelho d’água. A partir deste domingo, 19, uma cafeteria passa a ocupar o lugar, inaugurando o novo Centro Cultural Fiesp.

O projeto também contemplou a criação de um jardim de inverno ao lado da cafeteria, um espaço para exposições, uma galeria de fotos e livraria. O prédio concebido em 1979 com projeto inicial de Rino Levi, já havia passado por uma reforma em 1998, feita pelo arquiteto Paulo Mendes da Rocha. Na época, o edifício abrigava apenas uma galeria de arte, o mezanino, a livraria e uma galeria de arte digital. “O objetivo foi criar mais espaços de convivência para que o público aproveite mais atrações”, contou a gerente executiva de Cultura Débora Viana.

Durante todo o dia, o complexo vai receber programação gratuita que começa com um concerto a céu aberto da Bachiana Filarmônica do Sesi, com regência do maestro João Carlos Martins. No espaço de exposições, a mostra Modulações, da artista plástica Mary Carmen Matias, traz 26 escultura inéditas feitas em aço e alumínio. Na galeria de fotos, a parceria com a agência norte-americana de fotografia Magnum rendeu uma exposição de fotos históricas de estrelas de Hollywood, entre elas Marilyn Monroe, James Dean, Charlie Chaplin e Elizabeth Taylor em 80 registros sobre os sets de gravação de filmes como Juventude Transviada, O Pecado Mora ao Lado e De Repente, no Último Verão. À tarde, o teatro do Sesi também vai receber os espetáculos Sonhatório, às 13h e às 16h15, e Contos de Câmara Cascudo, às 14h30.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.