Com Futura, Cartoon banca sua 1ª série nacional de dramaturgia

Primeira produção brasileira em live action - ou dramaturgia - do Cartoon Network, a série de ficção Experimentos Extraordinários acaba de ter sua realização acertada com a Boutique Filmes, produtora de Tiago Mello. O novo produto será feito em parceria com o Canal Futura e prevê 26 episódios de meia hora cada para 2014. Tiago Mello, que até o ano passado respondia como um dos sócios da Mixer, é criador da série Julie & Os Fantasmas, que foi finalista ao Emmy, e produziu, entre outros títulos, a série Escola para Cachorro (para a Nickelodeon) e Sítio do Picapau Amarelo animado (Globo e Cartoon).

Cristina Padiglione, O Estado de S.Paulo

20 Fevereiro 2013 | 02h10

O novo enredo acompanha os bastidores de um programa sobre experimentos. A equipe é formada por crianças e pelo apresentador Iberê Thenório - o mesmo Iberê que criou no Youtube o Manual do Mundo, hoje alvo de mais de meio milhão de assinantes e mais de 10 milhões de views. Em cena, estão catapulta gigante com balões de água, óculos de visão noturna e foguetes movidos a vinagre.

A historinha de cada episódio começa na reunião de pauta que vai definir o tema do dia, passa pelas confusões armadas pelas crianças e chega ao experimento final, que pode ou não dar certo. "Conseguimos centenas de milhões de views na internet com a premissa de que entretenimento pode ser educativo", aposta Iberê.

Como todas, ou quase todas, as produções nacionais atualmente encabeçadas por canais pagos, a série Experimentos Extraordinários tem aval da Ancine e conta com verba de incentivo por meio do artigo 39.

9 pontos de média no ibope teve o Bom Dia Brasil anteontem - recorde do noticiário em 2013. O Globo Rural (6 pontos) e o Bom Dia SP (8) também registraram seus maiores ibopes do ano na 2ª feira.

Foi ainda em dezembro de 2012, no dia 4, que saiu a liminar concedida à Band pela 5ª Vara Cível do Fórum de Pinheiros, autorizando o pessoal do Pânico a retomar sua paródia de Silvio Santos, por meio do humorista Ceará. O personagem estava suspenso por decisão judicial favorável ao dono do SBT.

O Pânico resolveu não mexer no caso no final do ano e manter a surpresa como trunfo para a volta do programa em sua versão inédita em 2013, o que aconteceu anteontem. Só agora o SBT começa a se mexer para revogar na Justiça a vontade do patrão em vetar a paródia que lhe faz concorrência.

Dercy, título exibido pela Globo como minissérie, com Heloísa Perissé e Fafy Siqueira, ainda tem chances de ser levada ao cinema por curta temporada. Só por isso, a Globo ainda não definiu o lançamento do produto em DVD.

Outra produção nacional para crianças, no campo da animação, desembarca no canal Gloob em 11 de março. A série Nilba e os Desastronautas tem produção da 44 Toons e também conta com lei de incentivo da Ancine.

Mais conteúdo sobre:
Cristina Padiglione televisão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.