Colecionadores ajudam a recuperar o setor

A estrela da feira foi o peruano Miguel Aguirre

EFE,

24 de fevereiro de 2014 | 12h01

O encerramento da 33.ª edição da Arco de Madri, ontem, trouxe bons resultados para as galerias participantes, embora sem alcançar o patamar de anos anteriores. O programa de levar à capital espanhola 250 colecionadores estrangeiros deu resultado, comprovando a paulatina recuperação das vendas. Um Picasso alcançou US$ 1,7 milhão, mas a estrela da feira foi o peruano Miguel Aguirre, que satiriza grandes líderes políticos, entre eles Barack Obama e Angela Merkel.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.