Coleção renova gênero policial

O diretor da Geração Editorial,Luiz Fernando Emediato, analisava os títulos que pretende lançarneste ano quando teve um estalo: como em um quebra-cabeças, elenotou que livros de escritores distintos e de diferentesnacionalidades conviviam perfeitamente por seguirem a mesmalinha básica, ou seja, obras de entretenimento, escritas porautores jovens, novos, estreantes ou até extravagantes. Estavacriada a coleção Carpe Diem, ressuscitando um antigo versode Horácio que, em português, significa aproveitem o dia."Vamos lançar livros para o prazer da leitura", comentaEmediato, que pretende enviar os primeiros títulos para aslivrarias no próximo mês. A seleção é diversificada e une tanto nomes conhecidos(Marçal Aquino, Hosmany Ramos, Patrick McCabe) como talentos aserem descobertos (Frank Baldwin, Erik Solberg, Rhian Ellis)."Teremos livros de americanos, ingleses, noruegueses, russos ebrasileiros", afirma o editor que, além de pedir indicações deamigos e de vasculhar entre os lançamentos da Feira de Frankfurt o mais importante encontro editorial do planeta, tambémorientou a agente literária Lídia Luther, que mora em Barbados,a descobrir novos talentos.O cinema é tema de um dos lançamentos: OInvasor, novela de Marçal Aquino, que inspirou o filme domesmo nome, dirigido por Beto Brant, ainda inédito no circuitocomercial, mas que já está fazendo sucesso no exterior. Premiado no Festival de Sundance, passou a ser sendo disputado por distribuidores de vários países após a exibição na quinta-feira, em mostra paralela do Festival de Cinema de Berlim."Nosso objetivo era que o lançamento do livrocoincidisse com o do filme, mas as datas ainda não estãoacertadas", comenta Aquino, referindo-se à indefinição sobre aestréia do longa, que acaba de participar do Festival de Berlim. O livro, porém, sai em março com um reforço: fotos inéditas dafilmagem. Além de escrever seu livro, Marçal Aquino vai ajudar naedição de Seqüestro Sangrento, a mais recente ficção deHosmany Ramos, médico que, desde novembro de 1981, cumpre penade 53 anos na Penitenciária de Araraquara por assassinatos,roubo de aviões e contrabando de carros importados. "Ele aliaseu conhecimento do mundo do crime com uma explosiva pesquisasobre como se fazem negócios com o poder", comenta Emediato,que pode alterar o título. "Esse é provisório, pois o livro vaialém de seqüestro." O cinema também faz parte do percurso do escritor Frank Baldwin, cujo livro Jake & Mimifigura na primeira fornada a ser lançada pela Geração. O texto,lançado antes do carnaval nos Estados Unidos, teve seus direitosadquiridos pela produtora cinematográfica Hyde ParkEntertainment quando ainda estava na gráfica e todo esquema deprodução já está armado: com direção de John Herzfeld (15Minutos), o filme será protagonizado por Angelina Jolie e jáestá sendo vendido como o novo Instinto Selvagem, longa dePaul Verhoeven que alçou a felina Sharon Stone ao estrelato,graças à mesma trama que explora os limites do prazer e do sexo."É o segundo livro de Baldwin e estão investindo muito nele",observa Emediato, que convidou Victor Burton para criar umprojeto gráfico que desse unidade à coleção. A lista continua com O Sonho Roubado, da russaAlexandra Marinina, autora que ainda não foi publicada eminglês. Quando isso acontecer, acredita o editor brasileiro, elavai ser comparada a Agatha Christie. Tudo porque o personagemprincipal é uma mulher-detetive, que atua em Moscou. "Deveráser um estouro mundial." O leque é aumentado com a inclusão de Depois da Vida de Rhian Ellis, escritora que uniu suspense, comédia e umaintrigante discussão sobre o espiritualismo e mediunidade paracontar uma história policial.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.