Coleção de André Breton será leiloada

A coleção de arte e objetos pessoais do papa do surrealismo, o francês André Breton, vai ser leiloada no dia 11 de abril. A casa de leilões Druot espera arrecadar pelo menos US$ 30 milhões pelos quase 6 mil objetos que pertenceram a Breton, morto em 1966. A coleção conta com 500 quadros de alguns dos pintores mais famosos do século passado, 700 fotos, 700 manuscritos e 3.500 livros. Além disso, também vão ser leiloadas suas máscaras da África e da Oceania.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.