"Código da Vinci" é o preferido dos políticos britânicos

Os livros O Código da Vinci e Harry Potter e o Príncipe Mestiço foram os dois livros escolhidos pela maioria dos parlamentares e políticos da Grã-Bretanha para serem lidos nas férias de verão (do hemisfério norte), segundo uma pesquisa publicada no país. A obra do norte-americano Dan Brown, que se está sendo rodado na Inglaterra um filme protagonizado por Tom Hanks, ficou no primeiro lugar da lista de livros lidos pelos parlamentares e políticos britânicos em suas férias. Em segundo lugar ficou a biografia do político William Pitt, o premier britânico mais jovem da história, escrito pelo líder conservador, William Hague. O livro de J.K. Rowling, Harry Potter e o Príncipe Mestiço ficou no terceiro posto, segundo uma pesquisa realizada pelo grupo Communicate Research. Entretanto, a pesquisa indicou que os membros da Câmara dos Lordes parecem menos favoráveis a escapar em suas férias da temática política, na hora de escolher a leitura de férias. Para os lordes britânicos, Pitt the Younger, de Hague, foi a primeira opção de leitura para estas férias de verão, seguida pela biografia de Mao Zedong escrita por Jung Chang e Jon Halliday, e a última biografia escrita sobre o ex-premier britânico Winston Churchill, sob responsabilidade do jornalista e investigador inglês Roy Jenkins. A pesquisa foi realizada com 153 políticos da Câmara dos Comuns e dos Lordes do país. Na lista dos livros preferidos para as férias estiveram também as últimas biografias do premier Tony Blair e da chamada "Dama de Ferro", Margaret Thatcher. Entretanto, um quarto dos deputados consultados e um entre cinco dos lordes declarou que provavelmente não terão tempo para ler durante suas férias.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.