Claudia Raia estreia musical 'Pernas Pro Ar' em SP

Helô é uma dona de casa como muitas outras, que ama seu marido e vai tocando a vidinha. Mesmo um tanto entediada, não busca mudanças radicais, ao contrário, as teme. Até o dia em que suas pernas se revoltam e partem em busca de aventuras, à sua revelia e para seu desespero. Esse é o mote do espetáculo musical "Pernas pro Ar", protagonizado por Claudia Raia, que estreia hoje no Teatro Bradesco para uma temporada de apenas duas semanas.

AE, Agencia Estado

04 de dezembro de 2009 | 09h04

Numa cena, ela dialoga com as pernas que respondem com sons executados pela orquestra; num outro, uma animação faz com que elas dancem, autônomas, numa espécie de moldura em torno do palco, efeito possível graças à sofisticada tecnologia utilizada, que propicia cenografia virtual, projetada em 3 dimensões, por 9 projetores e 12 computadores. Num país onde poucos são os teatros equipados tecnicamente para receber grandes produções, Claudia Raia construiu uma caixa cênica a ser instalada sobre o palco, suprimindo o problema da ausência de recursos. Tudo porque ela sonhou, desde o início, bater ainda mais pernas do que sua personagem. Depois de ter passado por Ribeirão Preto e Recife, o musical estreia em São Paulo, e segue para Porto Alegre ainda este ano. Ao todo, "Pernas pro Ar" vai viajar por 17 capitais. Terá ainda sessões ao ar livre e de graça - a Quinta da Boa Vista, no Rio de Janeiro, e Belém do Pará, às margens do Amazonas, estão entre as já planejadas para o próximo ano.

"É loucura fazer turnê com tal produção. São três carretas de 30 metros, 25 pessoas no palco, tenho uma orquestra em cena, nenhum som é playback, são 50 pessoas ao todo viajando. É absurdo, mas estou feliz porque acho que abro caminho para mostrar que é difícil, caro, mas possível excursionar com musicais", diz Claudia Raia.

Dois consagrados atores de musicais, Marcos Tumura e Ruben Gabira, têm participação especial no elenco de nove atores. "Tumura começou comigo, veio atuar em Splish Splash, morou na minha casa, sinto-me mãe artística dele. Cameron (Mackintosh, produtor da Broadway), disse que Tumura foi o melhor Jean Valjean (personagem de Les Miserables) que ele já viu. É uma emoção esse reencontro. Gabira é outro parceiro de anos, mora na Áustria, faz operetas lá, assim como Alonso Barros, meu coreógrafo." A direção musical é de Paulo Nogueira. No repertório, hits e canções de musicais famosos, nas versões de Bibi Ferreira, Zé Rodrix e Sylvia Massari. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Pernas pro Ar. Teatro Bradesco. Rua Turiassu, 2.100, 3.º andar, Bourbon Shopping. Tel. (011) 3670-4141. 5.ª a sáb., 21 h; dom., 20 h. R$ 50/ R$ 200. Até 12/12

Tudo o que sabemos sobre:
teatromusicalClaudia Raia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.