Clã Amado vai à posse de Zélia Gattai na ABL

Todo o clã Amado, espalhado entre Bahia e São Paulo, esteve, nesta terça-feira, no Rio, para prestigiar a posse da escritora Zélia Gattai, na Academia Brasileira de Letras.Ela assumiu a cadeira que foi de seu marido Jorge Amado, morto em agosto do ano passado, tem José de Alencar como patrono e teve, como primeiro ocupante, o fundador da Academia, Machado de Assis.Em seu discurso, Zélia disse, antes de entrar para a Casa de Machado: ?Vim aqui contar histórias, pois é isso que sei fazer, sem muita retórica, com o meu jeito de falar e escrever, que é o único que tenho?.Zélia foi eleita em dezembro do ano passado, com 32 dos 37 votos válidos. Houve uma abstenção e quatro votos para o jornalista e escritor Joel Silveira, que resolveu disputar a cadeira, mesmo sabendo que não tinha chances. O pleito durou apenas 20 minutos, foi um dos mais rápidos da história da ABL.Estiveram presentes à cerimônia de posse, além dos Amado (irmãos, filhos e netos do escritor e de Zélia Gattai), políticos baianos, como o ex-senador Antônio Carlos Magalhães, intelectuais e artistas, como a atriz Fernanda Montenegro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.