Circodélico traz o novo circo a São Paulo

Eles dispensam os números com animais e a vida em trailer, mas vivem do circo. "Somos do novo circo", explica Emiliano Pedro, de 26 anos, referindo-se ao movimento de renovação dos espetáculos circenses iniciado na França, na década de 70. Emiliano, Cínthia Beranek, de 25 anos, Daniel Pedro, de 24, e Gura Aranha, de 30, formam o grupo Circodélico, que amanhã reestréia o premiado De Mala e Cuia, no Teatro Paulo Eiró, em Santo Amaro. O espetáculo reúne técnicas circenses, dança e teatro. Apresentado no ano passado no Teatro da União Cultural Brasil Estados Unidos, no Paraíso, De Mala e Cuia recebeu o prêmio de melhor espetáculo infantil do ano 2000 pela Associação Paulista dos Críticos de Arte.De Mala e Cuia. Teatro Paulo Eiró, Avenida Adolfo Pinheiro, 765, Santo Amaro, tel.: 5546-0449. R$ 6.Leia mais

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.