Imagem Cristina Padiglione
Colunista
Cristina Padiglione
Conteúdo Exclusivo para Assinante

Cinquentenário vira pretexto de grande reforma

Dona de hábitos muito fortes no imaginário nacional, a Globo sempre se cercou de cuidados extras para mexer na grade e em seus tradicionais conceitos de programação. Assim, as mudanças - e não são poucas - ensaiadas para 2015 - virão embaladas na efeméride do cinquentenário da casa. A ideia é anunciar que a Globo chega aos 50 anos pensando na televisão do futuro. A troca de logotipo, no início do ano, já apontava para tanto. A rápida transformação de hábitos do espectador também pede que as mudanças, quando necessárias, sejam feitas com urgência e sem os receios de perda de audiência que até hoje pautaram grandes reformas.

Cristina Padiglione, O Estado de S.Paulo

15 Dezembro 2014 | 02h04

Porteira. O canal Rural, do grupo J&F e o Terraviva, da Band, podem se beneficiar de uma emenda legislativa que obrigaria operadoras de TV paga a carregar ao menos dois canais de agronegócio, sem custo para tais emissoras, num status similar à TV Senado e a canais não comerciais.

Porteira 2. A emenda é proposta pelo senador Romero Jucá (PMDB-RR), sob o pretexto de que as emissoras são um serviço relevante ao agronegócio nacional.

Porteira 3. A indústria de TV paga já se mobiliza contrária à emenda, argumentando que os canais rurais estão longe de configurar perfil sem fins lucrativos. Ao comprar o Canal Rural do Grupo RBS, em 2013, a J&F informou ter desembolsado R$ 40 milhões pela emissora e atestou que seu faturamento em 2012 chegou a R$ 50 milhões, por meio de publicidade e leilões de gado.

Paulo Miklos participa do filme Carrossel, derivado da novela, sem perder o posto de vilão que normalmente os longas-metragens lhe atribuem. Oscar Filho também entra em cena, como seu ajudante.

A Globo agendou para 6 de janeiro a estreia dos telefilmes editados a partir de 10 séries e dois seriados de seu acervo. Os títulos vão ao ar de segunda a sexta, após a novela Império e são a primeira ação para o público dos 50 anos da casa.

A direção da Band não costuma autorizar que suas estrelas atuem em canais pagos de fora do grupo, mas abriu um precedente relevante com Dan Stulbach, contratado para o CQC. Para convencê-lo a assinar o acordo de dois anos, a emissora liberou sua presença no Saia Justa de Verão, do canal GNT.

Em todo caso, Marcelo Tas, antecessor do posto de Stulbach no CQC, também tem lá uma porta aberta longe do Morumbi, por seus programas no Cartoon Network.

Finalista. Indicado entre os melhores atores do ano pelo Troféu Holofote, do Domingão do Faustão, Alexandre Nero posa com a estatueta. Concorre com Murilo Benício (Jonas Marra em Geração Brasil) e Osmar Prado (coronel Epa em Meu Pedacinho de Chão). Dia 28.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.