Cinemax Emotion exibe 'A Aura', de Fabián Bielinsky

Diretor argentino morreu em junho do ano passado no hotel Marriot, em São Paulo

Luiz Carlos Merten, do Estadão,

07 de julho de 2017 | 17h01

Há um ano morria em São Paulo o diretor argentino de Nove Rainhas, Fabián Bielinsky. Foi uma morte solitária, num quarto de hotel, enquanto ele rodava um comercial. Na época, estava para estrear seu novo filme, A Aura. Os cartazes mofaram no lobby dos cinemas.  A Aura nunca foi lançado comercialmente. Passa nesta terça-feira, 17, na TV, às 22h15, no Cinemax Emotion. Ricardo Darín faz um homem convencido de que pode cometer o crime perfeito. Um incidente numa caçada o leva a colocar seu plano em prática.  Como Nove Rainhas, A Aura foge aos esquemas habituais do cinema argentino - classe média, dramas humanos, etc. Bielinsky faz outro tipo de investigação social e política. Ele teve tempo para poucos filmes. São fortes, obras que vão ficar. Fabián Bielinsky morreu em junho do ano passado no hotel Marriot, em São Paulo, enquanto dormia, provavelmente vítima de um ataque cardíaco. As causas de sua morte não foram divulgadas publicamente.

Tudo o que sabemos sobre:
Fabián BielinskyNove Rainhas, Aura

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.