Cinco jovens são detidos por ataque a obra de Monet em Paris

Quatro homens e uma mulher foram detidos para responder pelo ataque contra uma pintura do mestre impressionista Claude Monet no Museu d'Orsay, informou na terça-feira o gabinete da promotoria de Paris. Cinco pessoas invadiram o museu nas primeiras horas da manhã de domingo e fizeram um rasgo de 10 centímetros na pintura de 1874 "Le Pont d'Argenteuil". Um dos cinco detidos se entregou na segunda-feira e disse à polícia os nomes de seus colegas após se assustar com a intensa cobertura da mídia. A invasão foi registrada por câmeras de segurança, informou o gabinete da promotoria. Os cinco jovens têm entre 18 e 19 anos. O ataque aconteceu durante a chamada "Noite Branca" de Paris, quando a cidade é tomada por atividades culturais durante toda a noite. O evento coincidiu com a inesperada vitória da França contra os All Blacks na Copa do Mundo de rúgbi. Fontes policiais disseram que até agora as informações obtidas sugerem que os invasores estavam bêbados e não premeditaram o ataque à pintura.

REUTERS

09 Outubro 2007 | 18h02

Mais conteúdo sobre:
ARTE MONET

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.