Divulgação
Divulgação

Cinco filmes sobre viagem no tempo

'Looper: Assassinos do Futuro' retoma as produções em que passagem temporal é tema; relembre alguns

Renato Vieira - estadão.com.br,

28 de setembro de 2012 | 09h00

Estreia nesta sexta-feira, 28, Looper: Assassinos do Futuro. Joseph Gordon-Levitt é Joe, assassino de inimigos da máfia enviados para o passado através de uma máquina do tempo. Mas descobre que seu próximo alvo é si próprio, pois o Joe que vive em 2072, papel de Bruce Willis, agora é um problema e tem de ser eliminado.

Clássicos como Planeta dos Macacos e longas mais recentes, como A Ressaca e Contra o Tempo trazem a viagem do tempo como tema central, cada um à sua maneira. Selecionamos cinco filmes com essa característica para lembrar que a passagem temporal foi usada em produções de diversos estilos, especialmente a comédia.

5

Em Algum Lugar do Passado (Somewhere In Time) (1980)

Direção: Jeannot Szwarc

Com Christopher Reeve, Jane Seymour, Christopher Plummer, William H. Macy

Christopher Reeve ainda colhia os louros de Superman quando este filme, baseado no romance Bid Time Return, de Richard Matheson, chegou aos cinemas americanos em outubro de 1980 - no Brasil só estrearia em junho do ano seguinte. Quando recebe de uma senhora um relógio e um pedido ("volte para mim"), o dramaturgo Richard Collier descobre que se trata de Elise McKenna (Jane Seymour, Bond Girl de Com 007 Viva e Deixe Morrer), atriz do início do século XX. Ele se apaixona e, através da hipnose, volta no tempo para encontrá-la.. O destaque no elenco é Christopher Plummer, veterano que no ano passado ganhou seu primeiro Oscar, na categoria de Melhor Ator Coadjuvante, por Toda Forma de Amor. Hoje, o cineasta Jeannot Szwarc, egresso da televisão, comanda episódios de séries como Grey's Anatomy e Private Practice.

4

Feitiço do Tempo (Groundhog Day) (1993)

Direção: Harold Ramis

Com Bill Murray, Andie MacDowell, Chris Elliott, Stephen Tobolowsky

O diretor Harold Ramis inicialmente queria Tom Hanks como protagonista. Mas desistiu, pois o ator era "legal demais" para o papel, que coube a Bill Murray. Phil Connors é um entediado repórter de TV escalado pela quarta vez para cobrir o Dia da Marmota - no qual, segundo a crença, o roedor prevê se o inverno permanece ou se a primavera está chegando. Ao acordar no dia seguinte ele descobre, justamente, que não é o dia seguinte. Connors está preso no tempo. A possibilidade de passar o resto da vida no mesmo lugar o angustia e gera situações hilárias. Mas é uma oportunidade para o jornalista aprender com seus erros e conquistar a mulher que ama. Além de arrecadar US$ 70 milhões nas bilheterias americanas, a comédia foi bastante elogiada pela crítica.

3

Bill e Ted - Uma Aventura Fantástica (Bill & Ted's Excellent Adventure) (1991)

Direção: Stephen Herek

Com Keanu Reeves, Alex Winter, George Carlin, Dan Shor.

Ao lado de Curtindo a Vida Adoidado e A Lagoa Azul, este é um clássico das sessões de filmes na TV durante a tarde. Alex Winter, cuja carreira no cinema não vingou, e Keanu Reeves, em um de seus primeiros papéis de destaque, são Bill e Ted, respectivamente. O longa ficou pronto em 1987, mas demorou dois anos para chegar aos cinemas. A empresa do produtor Dino de Laurentiis faliu e o projeto foi comprado pela Nelson Entertainment. Na iminência da reprovação em História, os amigos contam com a ajuda de um ser misterioso que diz ter vindo do futuro para ajudá-los a passar de ano. Através de uma máquina do tempo, eles passeiam por várias épocas e cruzam com figuras históricas, como Beethoven, Freud e Joana D'arc. Uma continuação, Bill e Ted - Dois Loucos no Tempo, foi rodada dois anos depois.

2

O Exterminador do Futuro (The Terminator) (1984)

Direção: James Cameron

Com Arnold Schwarzenegger, Linda Hamilton, Michael Biehn, Lance Henriksen

James Cameron ainda nem sonhava em escrever e dirigir um filme em terceira dimensão e o ex-fisiculturista Arnold Schwarzenegger ainda não era estrela de primeira grandeza. Enquanto o cineasta tinha no currículo apenas um longa que beirava o trash, Piranhas 2 - Assassinas Voadoras (pelo nome já dá pra perceber), o austríaco era mais conhecido pelo papel de Conan em dois filmes. Mas a história do robô que chega aos anos 80 com a missão de eliminar a mãe de um futuro líder da resistência humana contra os androides para impedir seu nascimento não só elevou o status de ambos, mas deixou seus nomes cristalizados na cultura pop. Tanto que, em diversas votações, a frase "Eu Voltarei", que se tornou uma marca do personagem principal, é considerada a mais lembrada do Cinema. E ele voltou mesmo. O Exterminador Do Futuro 2 - Julgamento Final (1991) e O Exterminador do Futuro 3 - A Rebelião das Máquinas (2003) tinham o ator à frente, enquanto no quarto filme, A Salvação (2009), ele aparecia em uma sequência através de computação gráfica. Há conversas sobre a possibilidade de um quinto filme, desta vez com Schwarzenegger retornando ao papel que o consagrou definitivamente.

 

1

De Volta Para o Futuro (Back To The Future) (1985)

Direção: Robert Zemeckis

Com Michael J. Fox, Christopher Lloyd, Crispin Glover, Thomas F. Wilson

A escolha deste filme é óbvia, mas é impossível deixá-lo de fora. O longa teve problemas durante seu desenvolvimento e também nas filmagens. O então diretor da Universal, Sid Sheinberg, interferiu no roteiro, mudando nomes de personagens - foi por causa dele que o professor Brown se tornou Doc Brown - e também solicitou a troca do título, sob a alegação de que "o público não veria um filme com 'futuro' no nome". Michael J, Fox era a escolha inicial para interpretar Marty McFly, mas não foi liberado pela produção do seriado Caras e Caretas, no qual atuava. Eric Stoltz assumiu o papel e, depois de quatro semanas de filmagem, os produtores e o próprio Stoltz perceberam que ele não se encaixava no personagem. Fox foi liberado e ia ao set do filme à noite, enquanto manhãs e tardes ficavam reservadas às gravações de Caras e Caretas. De Volta Para o Futuro foi o maior sucesso de bilheteria de 1985 nos Estados Unidos, gerando uma trilogia até hoje cultuada.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.