Cientistas descobrem pintura escondida sob quadro de Van Gogh

Imagem revela rosto de uma mulher e pode ajudar estudiosos de arte a entender melhor o pintor

Tineke van der Struik, da Reuters,

30 de julho de 2008 | 13h40

Cientistas descobriram cores de um esboço rejeitado por baixo da obra Patch of Grass (Pedaço de Grama), de Vincent Van Gogh, com a ajuda de técnicas avançadas de raio X, informou uma universidade holandesa nesta quarta-feira, 30. Bastante detalhada, a imagem mostra o rosto de uma mulher e pode ajudar estudiosos de arte a entender melhor a evolução de Van Gogh como pintor.          Na primeira foto, o aparelho utilizado para descobrir a imagem. Na segunda foto,  a imagem revela o rosto de uma mulher na tela de Van Gogh. Fotos: AP e Efe"Estima-se que cerca de um terço das primeiras pinturas de Van Gogh estejam por baixo das pinturas conhecidas. Van Gogh literalmente reciclava suas próprias telas", disse o pesquisador Joris Dik, da Universidade Delft de Tecnologia. As técnicas convencionais de raio X dão uma visão parcial e sem cor da pintura escondida. Somente vagos contornos da personagem retratada debaixo da obra apareciam, segundo a universidade. Para reciclar seu trabalho, Van Gogh passou várias camadas de tinta sobre a pintura original, mas os cientistas conseguiram escanear todos os elementos das camadas sobre a área relevante, por meio de raio X fluorescente. "Podemos fazer um modelo tridimensional da pintura e começar a tirar todas as camadas, uma por uma. Então, temos uma visão bem detalhada do rosto escondido", disse Dik. Van Gogh pintou o quadro em 1887, em Paris, e está exposto no museu Kroller-Muller, na cidade holandesa de Otterlo.

Tudo o que sabemos sobre:
Van Gogharte

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.