Cida vence Thiago e leva R$ 500 mil na final do BBB4

A babá Gecilda da Silva dos Santos, a Cida, de 21 anos, tornou-se, na noite desta terça-feira, a primeira mulher a vencer a edição brasileira do Big Brother. Cida disputou a etapa final da corrida pelos R$ 500 mil com o auxiliar administrativo Thiago e recebeu 69% dos votos da audiência para levar o prêmio. Além do dinheiro, ela ganhou um carro zero quilômetro. Thiago ficou com R$ 50 mil e um automóvel igual ao de Cida.A festa de encerramento reuniu, do lado de fora dos estúdios do Projac, todos os participantes da quarta edição do reality show da TV Globo. Eles, os dois últimos confinados e os telespectadores assistiram a trechos dos melhores ? e piores ? momentos do programa. O grupo Jota Quest fez apresentação ao vivo.Cida e Thiago foram sorteados por meio de cupons enviados à produção para integrarem o time dos big brothers. A babá enviou cinco cupons. O auxiliar administrativo, apenas um. Os dois entraram na atração dois dias após a estréia. Como no início os jogadores se dividiram em dois grupos ? os ?endinheirados? e os ?superpobrinhos? -, Cida e Thiago, de origem humilde, se identificaram mais com os menos favorecidos do BBB4.Ao ser declarada vitoriosa, Cida abraçou Thiago, pulou, esbravejou, se jogou no chão... e os dois deixaram a casa onde estiveram isolados por 83 dias. ?Obrigado, meu Deus! Obrigado produção! Obrigado, Big Brother! Obrigado tudo!?, gritava a babá. Depois, mais calma, declarou que não enviou os cupons pensando em ganhar os R$ 500 mil, mas ?pela oportunidade?. ?O programa dá oportunidades às pessoas. Quem entra ganha carinho do público, consegue emprego?, disse.Cida ainda não sabe exatamente o que fazer com o dinheiro, mas já garantiu que pretende doar uma parte para uma instituição de caridade. Entre os planos estão construir uma casa e ajudar a família. Ela também quer investir na aparência: ?Se eu tiver coragem, vou fazer uma lipoaspiração?. A babá, que só cursou até a quinta série do ensino fundamental e até três meses atrás ganhava pouco mais que um salário mínimo, quer retomar os estudos. E não pensa em se tornar artista. ?Acho que não tenho talento?, afirmou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.