Cicarelli foge de trote para ser musa do Carnaval

Daniela Cicarelli matou o primeiro dia de aula da faculdade de Direito para dar início aos festejos de Carnaval no Rio de Janeiro, onde será musa de um dos camarotes mais badalados da Marquês de Sapucaí, depois de ter rejeitado convite para desfilar como rainha de bateria.A modelo e apresentadora começaria as aulas na Faculdade Metropolitana Unida, em São Paulo, mas escapou do trote imposto aos novatos para ser apresentada pela cervejeria Brahma como destaque do tradicional espaço da empresa para o desfile das escolas de samba cariocas."Tô com o ego lá nas alturas, acho que não vou dormir até começar o Carnaval", disse Cicarelli a jornalistas no lançamento do camarote, que este ano terá um corte de 40% do número de convidados, para cerca de 800 pessoas, mas conservará o mesmo tamanho dos outros anos.Destaque da Grande Rio em 2002, quando desfilou no alto de um carro alegórico "porque no chão não sei sambar", Cicarelli contou ter sido convidada por uma escola do grupo especial carioca para ser madrinha de bateria este ano, mas recusou o convite. A modelo afirmou não lembrar qual a escola, "mas acho que foi o Salgueiro", disse sem muita certeza.Ex-estudante de administração, Cicarelli brincou que a nova faculdade poderá ajudá-la em casos como a recente polêmica envolvendo o vídeo divulgado na Internet, em que ela aparece em cenas quentes com o namorado numa praia espanhola.Por uma ação de Cicarreli na Justiça, internautas brasileiros tiveram o acesso cancelado ao site de vídeos Youtube por alguns dias em janeiro."Vou ser a tia dos garotos da minha sala. Se eles começarem a fazer barulho, vou pedir que respeitem a tia", disse ela, esbanjando sorrisos e poses para os fotógrafos.Este ano, a Brahma aposta na internacionalização da marca para o camarote. Ao chegar, os convidados se deparam com o cenário de um aeroporto e poderão passear por espaços representando países onde a cerveja é vendida, como China, EUA, França, Itália e Austrália.Os organizadores afirmam que a redução do número de convidades não representa uma diminuição dos vips, mas sim um corte em parceiros da empresa e o fim dos concursos populares. Entre os estrangeiros, são esperados a modelo Naomi Campbell, o jogador argentino Diego Maradona, presenças frequentes no badalado camarote, e o cineasta Pedro Almodovar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.