Cia. do Latão estréia "Mercado do Gozo"

Hoje, no Teatro Cacilda Becker estréia Mercado do Gozo, sétima peça do grupo, mais uma vez criada pelos atores, com texto final dos diretores Sérgio de Carvalho e Márcio Marciano. Desta vez, o foco está voltado para o poder que o capitalismo possuiu de transformar tudo em mercadoria. O grupo marcou a cena investindo na chamada "questão social" mesmo antes de virar moda. Encenou Ensaio de Danton, de Georg Büchener e textos criados pelos atores como A Comédia do Trabalho e Auto dos Bons Tratos.O objetivo da nova peça é deixa o espectador desconfiado, abusando dos clichês da indústria cultural: piano em cena, iluminação sofisticada, recursos do cinema e da música. É sua aposta na ambigüidade. O grupo trabalha no fio da navalha, desde a escolha dos personagens, prostitutas em geral retratadas pelos aspectos morais, vítimas exploradas pelo poder masculino e perverso. Clichês costumam envolver patrões e operários em greve. Mercado do Gozo. Dramaturgia coletiva da Companhia do Latão com texto final de Márcio Marciano e Sérgio de Carvalho. Direção Márcio Marciano e Sérgio de Carvalho. Duração: 1h30. De quinta a sábado, às 21 horas; domingo, às 19 horas. R$ 10,00. Teatro Cacilda Becker. Rua Tito, 295, tel. 3864-4513. Até 26/10

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.