Cia. 2 do Balé da Cidade leva platéia para o palco

A Cia. 2 do Balé da Cidade entra em cena de um jeito bem peculiar no Teatro Municipal: os bailarinos levarão desta quinta-feira, 15, a domingo a platéia para o palco. Apenas 110 espectadores poderão dividir o espaço com a apresentação de seis diferentes coreografias. Todo o trabalho do grupo é marcado pela pesquisa e experimentação. Como resultado, solos e duos intimistas, que precisam ser apreciados bem de perto pela platéia, para captar as sutilezas dos movimentos e das emoções de cada bailarino. "Esse estilo de apresentação não é inédito, grandes teatros do mundo já levaram a platéia ao palco. Definiria como inusitado", diz a coordenadora do projeto Ana Teixeira. Segundo ela, o público será recepcionado no Salão dos Arcos, onde poderão apreciar uma exposição de fotos da Cia. 2 e vídeos. Depois, o público seguirá até o palco, porém, pela entrada de serviço. Serão apresentados dois programas. Nesta quinta e na sexta-feira, Dois Corpos Que Caem, de Osmar Zampieri e Aguinaldo Bueno, Óptica, de Andréa Maia, e Um Outro Corpo, de Cláudia Palma com direção de Mariana Muniz. Sábado e domingo é a vez de Um Jardim e além Dele, de Armando Aurich e Cláudia Palma, Ponto Final da Última Cena, de Mara Mesquita e direção de Sandro Borelli, e Freud, o Homem, de Raymundo Costa. "Quase todas as coreografias são inéditas, os solos Um Outro Corpo e Ponto Final da Última Cena serão reapresentados, porém, estão em processo constante de pesquisa." O grupo já prepara novo espetáculo com direção de Key Sawao e Ricardo Iazzetta, que deverá estrear em abril, na Galeria Olido. A Cia. 1, que também tem direção de Mônica Mion, está em turnê pela Europa. Cia. 2 do Balé da Cidade de São Paulo. Teatro Municipal (110 lug). Praça Ramos de Azevedo, s/n.º, tel. (11) 3222-8698. Amanhã a sáb., 21 h; dom., 17 h. R$ 15

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.