Chuck Norris vira ídolo de soldados norte-americanos no Iraque

O ator Chuck Norris, famoso porsuas habilidades como lutador de artes marciais e por suaimagem de "cara durão", transformou-se em uma figura cultuadapelos militares dos Estados Unidos presentes no Iraque e em umherói improvável para alguns dos membros das forças desegurança iraquianas. Um pequeno santuário de papelão foi construído para Norrisem uma base militar norte-americana de Bagdá, e fraseselogiando a masculinidade do ator aparecem na parede debanheiros do Iraque e mesmo do vizinho Kuweit, disseram ossoldados. "O caminho mais rápido para o coração de um homem está nospunhos de Chuck Norris", diz uma mensagem do santuário, montadocom uma foto autografada do ator. Outras frases do tipo cercama imagem. Conhecidas como as "verdades" sobre Chuck Norris, asafirmativas tornaram-se um fenômeno de Internet e várias delasaparecem no site www.chucknorrisfacts.com, entre as quais: "OSuper-Homem usa o pijama de Chuck Norris" e "Não há armas dedestruição em massa no Iraque, Chuck Norris mora em Oklahoma". O ator visitou o Iraque várias vezes e ganhou o título defuzileiro honorário no ano passado. Cerca de 20 militares e integrantes das equipes de apoiocom os quais a Reuters conversou foram capazes de citar aomenos uma "verdade" sobre Norris, apesar de vários deles nuncaterem visitado o site. Os soldados norte-americanos presentes no Iraque afirmamque o apoio do ator a eles e sua imagem de invencibilidade otransformaram em um ídolo entre os militares. E insistem que asafirmativas exageradas e satíricas não pretendemridicularizá-lo. "As piadas apenas contribuem para aumentar a lendaexistente em torno dele. Elas não são ofensivas. Ele é umícone", afirmou o sargento Joe Lindsay, em uma base de Falluja,na Província de Anbar (oeste do Iraque), que Norris visitou. Barbudo e musculoso, o ator tornou-se famoso ao lutar comBruce Lee, a lenda do kung fu, no filme "O Vôo do Dragão"(1972). Mais tarde, filmes mostrariam Norris destruindo pencasde homens com um único chute. "Norris visitou o Iraque quando o nível de violência estavaem seu pior patamar e outras celebridades retraíam-se. Ele é umdos nossos", afirmou Mark Braden, integrante do órgão derelações públicas das Forçar Armadas dos EUA. "Os fuzileiros adoram Chuck Norris. Ele é como uma lenda",disse a sargento Amy Forsythe, em Falluja. Os soldados citaram vários motivos para a popularidadedele. Alguns disseram gostar dos filmes do ator e de suahabilidade nas artes marciais -- Norris é um guru das artesmarciais e vários de seus filmes possuem enredos envolvendomilitares. Alguns elogiaram os valores cristãos e políticos de Norris.O ator deu apoio, recentemente, ao pré-candidato do PartidoRepublicano à Presidência dos EUA Mike Huckabee, apesar de,seguindo o espírito das "verdades" sobre Norris, haver boatosde que foi o político quem deu apoio ao ator. "Ele tem nos ajudado muito. O apelo dele consiste também emsuas habilidades como lutador e em sua mera presença física.Acho que não conseguiria ficar um dia sem ouvir uma piada sobreNorris", afirmou o cabo Ricardo Jones, em Falluja.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.