Christina Aguilera é detida por embriaguez

A cantora Christina Aguilera foi presa por estar embriagada em público e passou várias horas recuperando-se em uma delegacia de polícia de West Hollywood antes de ser liberada, informou a polícia nesta terça-feira.

REUTERS

01 de março de 2011 | 15h36

Aguilera, de 30 anos, era passageira em um carro dirigido por seu namorado em West Hollywood, uma comunidade da região de Los Angeles, quando a polícia parou o veículo que era conduzido de forma irregular por volta das 3h da madrugada de terça-feira.

Matthew Rutler foi preso por suspeita de dirigir sob o efeito de álcool, e Aguilera estava "extremamente embriagada", disseram fontes policiais, de acordo com o site de celebridades TMZ.com.

A cantora de "Beautiful" foi detida porque a polícia considerou que ela não tinha condições de sair sozinha. Foi solta quatro horas mais tarde e a polícia disse que é pouco provável que seja processada por embriaguez pública.

Ex-artista mirim da Disney, Aguilera deu entrada em outubro em um pedido divórcio de seu marido, o executivo musical Jordan Bratman, após cinco anos de casamento.

A cantora cinco vezes premiada com o Grammy foi muito criticada em fevereiro por ter errado a letra do hino nacional dos EUA no Super Bowl, diante de um público televisivo de mais de 100 milhões de pessoas.

Em dezembro ela fez sua estreia como atriz de cinema no musical "Burlesque", mas o filme foi mal recebido pela crítica e decepcionou nas bilheterias.

(Reportagem de Jill Serjeant)

Tudo o que sabemos sobre:
GENTECHRISTINAAGUILERABEBADA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.